1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Sua Opinião

AS DECLARAÇÕES DE PUTIN

Arte, política internacional, meio ambiente e carnaval foram os temas focados esta semana por nossos leitores. Confira aqui!

default

Wladimir Putin

Eu acho o seguinte... Pela primeira vez, um líder influente e superpotente falou as verdades que devem ser ditas sobre os impiedosos e destrutivos planos de conquistas globais dos americanos! Enfim, a nova ordem mundial começa a ser estabelecida. Parabéns, presidente Vladimir Putin, por suas declarações!
Carlos Nakamura

As declarações foram oportunas. Já está passando da hora de alguém enfrentar as tentativas dos falcões do Pentágono de impor unilateralmente suas ambições imperialistas aos povos. A humanidade constituiu-se como um mosaico de nações com distintas culturas e valores espirituais. A nação materialista, consumista e militarista norte-americana carece de sustentação moral e ética para impor os seus "valores" às demais nações.
Davidson Scampe

Os políticos e dirigentes americanos vivem criticando o governo russo, dizendo que o governo atual é autoritário e está retrocedendo na democracia (enquanto a qualidade de vida do povo russo vem melhorando consideravelmente). Chegaram até a acusar veladamente o próprio presidente Putin de estar por trás do assassinato do ex-espião russo Litvinenko em Londres.

Todas essas criticas ao governo russo, os americanos, e o próprio Bush fazem em todas as ocasiões, quer seja no Salão Oval da Casa Branca, em conferências internacionais ou mesmo na Rússia, na cara do Putin. Aí, quando o Putin faz uma crítica dessas (nem crítica, é uma constatação) de que os EUA estão provocando uma nova corrida armamentista, e usando a força descontroladamente, o que é a pura verdade, os hipócritas dirigentes americanos se fazem de ofendidos, e a imprensa faz toda essa gritaria.

Só lembrando, os EUA estão desestabilizando o mundo de várias formas: invadindo ilegalmente e desastrosamente o Iraque e provocando uma guerra civil lá que se agrava todos os dias, promovendo a injustificada expansão da Otan para perto da fronteira russa, agora querem instalar sistemas antimísseis estratégicos nesses países próximos da Rússia, e também promover a militarização do espaço. Isso tudo são fatos. Então, o que Putin disse demais???
Miguel Galante Rollo

Acho muito estranho a maneira como os europeus tratam a Rússia, que é a principal fornecedora de energia para a Europa. Nunca tratam a Rússia como país europeu, parece até que a Rússia é uma eterna inimiga. Será que algum dia a Rússia poderá fazer parte da União Européia?
Ariovaldo L. Lucas

No caso do sistema antimíssil norte-americano na Europa, trata-se de mais uma iniciativa nefasta de cunho imperialista. Enquanto faltam bilhões de dólares para educação, saúde, habitação e emprego, ao redor do planeta, lá vão os ricos e egoístas norte-americanos semeando instrumento da morte ao redor do planeta, dando maus exemplos e ganhando rios de dólares em guerras planejadas. Coitados daqueles que tentam imitá-los, a exemplo do Irã....
Davidson Scampe


CINEMA

Conheço Werner Herzog e acho que o cinema alemão pode produzir grandes diretores como ele. Creio que existem muitos que estão ainda no anonimato, mas que logo estarão conquistando maior espaço para o bem da cultura mundial. Assisti a O milagre de Berna e achei maravilhoso. Ninguém precisa copiar Hollywood, temos, sim, que ser originais e olhar para as raízes que constituem a base de nossa cultura e não copiar coisa de gente "ignorante".

Ariovaldo L. Lucas

Assisti ao filme Contra a Parede no último sábado e achei maravilhoso. Nunca pensei que pudesse assistir a um filme ambientado na Alemanha mas que as personagens fossem de origem turca. Fatih Akin foi genial com a sua história. O filme é dramático, o modo como foi escrito o roteiro faz com que, ao invés de sentirmos raiva pela personagem de Sibel, soframos junto com ela. Particularmente eu achei o filme formidável e vou procurar conhecer melhor o diretor Farih Akin.
Erika Duarte Pinheiro

COPA DO MUNDO NA ÁFRICA
Será uma boa, Copa do Mundo na África! Vai ser uma grande chance para o continente africano reerguer um pouco sua imagem, ainda bastante vinculada a guerras, fome e miséria. E a África do Sul é capaz de produzir uma bem organizada Copa do Mundo, sim. É só os dirigentes sul-africanos trabalharem com seriedade.
Ederson de Paiva Melo

EUA & ÁFRICA




Quais são os interesses dos EUA na África? No contexto da reportagem, é impossível deixar de citar George Soros: "My contention is that America has become a 'feel-good' society unwilling to face unpleasant reality." E a realidade em questão é que o modo de vida da sociedade americana (ou estadunidense, if you like) é fundado em energia barata, oriunda do petróleo. Um modo de vida que dá sinais de esgotamento. Faz sentido que os EUA ocupem espaço na África antes que outros o façam. Isso seria coerente com a doutrina das "ações pre-emptivas" que a cada dia tornam o mundo um lugar pior para se viver.
Lyndon C. Storch Jr.

INTERNACIONALIZAÇÃO DA AMAZÔNIA

A floresta amazônica é do Brasil e não é preciso internacionalizá-la. O que se precisa, sim, é fechar as madeireiras, colocando na cadeia os madeireiros responsáveis pela derrubada ilegal de árvores e pela morte de animais em extinção, o que é crime inafiançável.
Joaquim Alfredo Rolim Garcia

CARNAVAL

Frase da música do grupo Paralamas do Sucesso: "De um lado esse carnaval, de outro, a fome total". Este país pára por causa do carnaval. Na Alemanha a coisa é diferente. Veja bem: existe uma Berlinale e muita coisa para se pensar como vida cultural, etc... Infelizmente, aqui no Brasil tudo acaba em samba! Infelizmente.

Ariovaldo L Lucas



PRODUÇÃO DE BIODIESEL

É bom saber que estão dando valor às energias renováveis, derivadas da biomassa. O mundo passou os últimos 200 anos sujando a atmosfera, o ar e as águas com o petróleo fóssil. Nem a ameaça provocada pelo aquecimento global arrefece a ganância dos grandes grupos financeiros multinacionais, que utilizam todo tipo de manobras para continuar mandando na vida de bilhões de seres humanos, apenas para continuar enfiando goela abaixo dos outros suas máquinas, valores e cultura, através da "globalização". Ou seja, obrigam-nos a perder nossa identidade cultural, substituindo por uma "cultura" perversa, sem nenhum escrúpulo, onde prevalecem os interesses pessoais de uma minoria que detém os meios de produção e a "riqueza", mostrando que escrúpulo é uma palavra que desconhecem, gerando fome e desgraças no resto do mundo.

É curiosa a maneira como encaram os demais habitantes do planeta, que se transformaram em assistentes passivos das atrocidades cometidas pelos grandes grupos transnacionais, que impingiram uma moeda "papel pintado" e fizeram do petróleo e das armas o grande fator de dominação, reprisando os impérios antigos, que, como sempre, um dia acabam... e tomara que seja logo !!!!
Euclides de Oliveira Pinto Neto