1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Artistas estrangeiros pagarão menos taxas

Parlamento aprova reforma da tributação dos cachês de artistas do exterior

Artistas estrangeiros que se apresentarem na Alemanha pagarão menos impostos sobre seus cachês, graças à reforma da tributação aprovada nesta quarta-feira pela Comissão das Finanças do Parlamento. O novo regulamento atende às reivindicações do ministro da Cultura, Julian Nida-Rümelin, bem como de associações culturais e artistas.

Segundo Nida-Rümelin, o intercâmbio com artistas do exterior diminuiu um terço nos últimos anos, em conseqüência dos altos impostos que eles precisavam pagar por sua atuação na Alemanha. Em 1996, o então ministro das Finanças, Theo Waigel, subira a taxa de tributação global dos cachês de 15% para 25%.

Agora vai ser introduzido um piso livre de tributação de 250 euros. A partir de 251 euros, as taxas serão escalonadas: até 500 euros, 10%; até 1000 euros, 15%; acima de 1000 euros, 25%. A partir de 2003, a alíquota máxima será reduzida para 20%.