Arqueólogos alemães localizam hipódromo da antiga Olímpia | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 24.07.2008
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Arqueólogos alemães localizam hipódromo da antiga Olímpia

Local onde eram realizadas corridas de bigas e quadrigas da Antigüidade é determinado por cientistas alemães, que usaram modernas técnicas de geomagnetismo.

default

'Corrida de quadriga no hipódromo', xilogravura baseada em desenho de Heinrich Leutemann, em torno de 1865

A localização do hipódromo da antiga Olímpia, na Grécia, onde se realizavam corridas de bigas e quadrigas na Antigüidade, foi determinada por arqueólogos alemães. Soterrado durante séculos, o local foi descoberto graças ao uso de técnicas modernas de rastreamento geomagnético.

A investigação numa área situada a leste do sítio arqueológico de Olímpia produziu os primeiros indícios concretos da localização da pista de corrida e das suas dimensões geográficas. Os trabalhos foram conduzidos pelo Instituto Alemão de Arqueologia (DAI), com a participação do Instituto de Ciências Esportivas da Universidade de Mainz e apoio da Associação Internacional de Hipismo.

O hipódromo era uma imensa estrutura oval, semelhante ao Circus Maximus de Roma. Um participante constante de seus torneios era o polêmico imperador romano Nero, há cerca de 1.600 anos.

"Sem qualquer necessidade de escavação, as técnicas modernas de geomagnetismo nos deram claras indicações do local do hipódromo", disse o pesquisador Norbert Müller, da Universidade Johannes Gutenberg, de Mainz.

Olympia in Olympia

A entrada do antigo estádio, no sítio arqueológico de Olímpia

"Esta descoberta é uma sensação arqueológica", afirmou Müller. O hipódromo é conhecido apenas pelas descrições em textos antigos, em especial escritos do geógrafo Pausânias. Não há partes visíveis da sua estrutura.

A área onde o hipódromo foi encontrado nunca havia sido foco de investigações arqueológicas, mesmo tendo sido apontada pelos documentos antigos como o lugar de sua localização.

De acordo com as descrições de Pausânias, o hipódromo ficaria ao sul do já reconstruído estádio olímpico e deve estar vários metros abaixo da atual superfície. O relevo da região foi modificado, principalmente devido a inundações.

Foram detectadas estruturas retilíneas ao longo de uma distância de quase 1,2 quilômetro, o que cientistas acreditam ser a pista de corrida, em paralelo ao estádio.

"O DAI, com sua filial em Atenas, prestou grande serviço à história do esporte", disse Müller. Para ele, o projeto poderá se tornar uma nova atração no mundo esportivo, como as escavações no antigo estádio olímpico há 50 anos.

Leia mais