1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Armstrong prova ser imbatível nas montanhas

O tricampeão da Volta da França venceu as duas etapas de montanhas pelos Pirineus e está cada vez mais isolado na liderança da competição ciclística.

default

O ciclista americano Lance Armstrong

O americano Lance Armstrong completou, nesta sexta-feira (19), a 12ª etapa da 89ª Volta da França em 6h00min29seg no percurso de 158 quilômetros entre Pau e a estação de esqui de La Mongie. Logo a seguir, com uma diferença de 1min4seg, chegaram os espanhóis Heras e Beloki.

A vitória de hoje afirma o americano na liderança da competição. Armstrong continua em primeiro lugar no cômputo geral, com 46h47min47seg. Beloki está na segunda posição, com uma desvantagem de 2min28 seg, enquanto Galdeano, que na 10ª prova chegou a vestir a camisa amarela, está em terceiro lugar, com uma diferença de 3mim19seg em relação ao primeiro colocado.

Zabel - O alemão Erik Zabel continua sendo o líder da categoria dos velocistas, embora com apenas um ponto de vantagem sobre o australiano Robbie McEwen. "A diferença é mínima", disse o atual detentor da camisa verde, frisando que seu objetivo é melhorar ainda mais seu desempenho nas próximas corridas.

Montanhistas - Na classificação dos montanhistas, a liderança é do francês Jalabert, com 142 pontos, em segundo está Armstrong, com 84 pontos, e em terceiro o suíço Dufaux, com 66 pontos, seguido por Beloki, também com 66 pontos.

Próximas etapas - No sábado (20), os ciclistas saem dos Pirineus e seguem em direção ao Mar Mediterrâneo. A 13ª etapa da Volta da França tem início na cidade de Lavelanet, que está sendo incluída pela primeira vez na rota da competição, e termina em Béziers, uma localidade a apenas 40 metros do nível do mar. O percurso tem 171 quilômetros de distância.

Já no domingo (21) os atletas irão atravessar a bela região da Provença, partindo de Lodève, que pela segunda vez faz parte da rota. O destino da 14ª etapa, de 221 quilômetros, é Mont Ventoux, que fica a 1912 metros de altura. O percurso exigirá novamente dos ciclistas bastante energia e disposição.