1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Argentinos estão em moda no futebol alemão

Os jogadores brasileiros que se cuidem. Os clubes de futebol alemães descobriram o mercado argentino e estão começando a contratar as jovens revelações dos grandes times argentinos.

default

Martin Demichelis, a nova estrela do Bayern de Munique

O torcedor alemão já está acostumado a ver os craques brasileiros defendendo os times do Campeonato Alemão (Bundesliga), tanto na primeira quanto na segunda divisão.

Nada menos que 30 brasileiros atuavam em 14 dos 18 clubes que disputaram a primeira divisão na temporada 2002/2003. Mas este quadro pode mudar brevemente, se for confirmada a atual tendência de contratar argentinos em lugar de brasileiros.

Jogador argentino, ao contrário de brasileiro, é até agora uma raridade no futebol alemão. Nos 40 anos da Bundesliga houve apenas 19 contratações de argentinos. O mais conhecido deles é o zagueiro Diego Placente, que atua no Bayer Leverkusen, ao lado dos zagueiros brasileiros Lúcio e Juan e do atacante França.

Nove argentinos na temporada 2003/2004

O Bayern de Munique, atual campeão alemão e time dos brasileiros Zé Roberto e Élber, deu o exemplo, contratando por 4,5 milhões de euros o zagueiro Martin Demichelis, 21 anos, do River Plate.

Depois de conquistar o título argentino, Demichelis desembarcou em Munique e começou a treinar imediatamente no seu novo clube, abdicando de suas férias, para surpresa do técnico do Bayern, Ottmar Hitzfeld. Ele está acostumado com os freqüentes atrasos dos brasileiros, que depois de passarem férias no Brasil raramente se reapresentam no dia marcado.

Por 9 milhões de euros, o Wolfsburg reforçou o seu elenco com o meio-campista Andres D'Alessandro, 22 anos, capitão do River Plate na última temporada. O Wolfsburg, time considerado apenas médio, tem um acordo de cooperação com este time argentino.

O Stuttgart contratou o meio-campista Emilio Centurion, 20 anos, e o Kaiserslautern quer ter por empréstimo Esteban Bambiasso, do Real Madri. O Bayern de Munique está negociando a contratação de mais um argentino, Carlos Tevez, revelação do Boca Juniors.

Alemanha tem fama de pagar em dia

Até há pouco tempo, os craques jogadores argentinos preferiam jogar na Espanha e na Itália. Mas com a crise do futebol internacional, o mercado alemão começou a ser cobiçado, sobretudo pelos jovens talentos. A Alemanha tem uma boa reputação; "aqui se paga em dia", afirma Adrian de Vicente, empresário de Demichelis.

Vicente diz que os clubes alemães não precisam se preocupar em contratar jogadores jovens, pois os argentinos, além de suas qualidades técnicas e táticas, são pessoas de caráter.

E aproveitando a maré em alta, Vicente aproveitou para dar uma alfinetada nos brasileiros, afirmando que "os argentinos são bons profissionais e não têm dificuldades em se adaptar na Europa, como os brasileiros".

Leia mais