1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Argentina segura pressão e larga na frente no "grupo da morte"

Latinos aproveitam erros da Costa do Marfim, vencem mostrando superioridade técnica e eficiência na marcação, comprovam favoritismo e tornam-se líderes da chave mais difícil da Copa.

default

Crespo (9) festeja com com Sorín (3) e Burdisso (21)

A Argentina conseguiu minimizar todos os adjetivos dados à Costa do Marfim antes da Copa do Mundo, fez valer o peso de sua camisa e venceu por 2 a 1 na estréia das equipes no evento, neste sábado (10/6), em Hamburgo.

A seleção latina largou na frente da chave C, chamada de "grupo da morte" pela presença também das fortes Holanda e Sérvia e Montenegro, que se enfrentam em Leipzig neste domingo.

Este foi o primeiro passo da Argentina rumo ao sonhado tricampeonato mundial. O time orientado por Jose Pekermann e comandado dentro de campo por Riquelme e Sorín construiu a sua vitória no primeiro tempo e administrou o resultado no segundo.

Na etapa complementar, deu apenas um chute a gol, e conseguiu segurar a pressão africana em busca do empate. Crespo, aos 23 minutos de jogo, abriu o placar ao aproveitar um rebote dentro da área.

Seu companheiro de ataque, Saviola, ampliou a vantagem ainda no primeiro tempo ao receber passe perfeito de Riquelme aos 37 minutos. Drogba só conseguiu tirar a Costa do Marfim do zero aos 36 minutos da etapa complementar.

WM 2006 Argentinien Elfenbeinküste Spielszene

Pressão africana não foi suficiente

A partir daí, os africanos foram superiores. Não na técnica, mas na vontade. Conseguiram o apoio da torcida neutra no estádio de Hamburgo e partiram para cima, embora sem sucesso.

A Costa do Marfim precisa agora vencer a Holanda no dia 16, em Stuttgart, se quiser ainda sonhar com as oitavas-de-final da Copa. A Argentina enfrenta no mesmo dia a seleção da Sérvia e Montenegro, em Gelsenkirchen, e se vencer novamente dá um passo largo em direção à segunda fase.

ARGENTINA 2 x 1 COSTA DO MARFIM

Argentina

Abbondanzieri; Burdisso, Ayala, Heinze e Sorín; Cambiasso, Mascherano, Riquelme (Aimar) e Maxi Rodríguez; Saviola (Gonzalez) e Crespo (Palacio)

Técnico: José Pekerman

Costa do Marfim

Tizié; Eboué (Kone), Méité, Kolo Touré e Boka; Yaya Touré, Zokora e Akalé; Keita (Kone), Kalou (Dindani) e Drogba

Técnico: Henri Michel

Data: 10/6/2006 (Sábado)

Local: Estádio da Copa em Hamburgo

Árbitro: Frank de Bleeckere (Bélgica)

Auxiliares: Peter Hermans (Bélgica) e Walter Vromans (Bélgica) Cartões amarelos: Saviola, Heinze, Gonzalez (A); Touré, Drogba (C)
Gols: Crespo (A), aos 23min, Saviola (A), aos 37min do primeiro tempo; Drogba (C), aos 36min do segundo tempo

Leia mais