1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Argentina quer classificação antecipada para evitar novo vexame

Favoritos ao título, os argentinos enfrentam a seleção da Sérvia e Montenegro dispostos a superar o trauma da Copa de 2002, quando foram derrotados na segunda partida e acabaram eliminados do torneio na primeira fase.

default

Sorín e Crespo participaram do fiasco no Mundial disputado no Japão e na Coréia do Sul

A seleção da Argentina que entra em campo nesta sexta-feira (16/06), em Gelsenkirchen, para enfrentar a Sérvia e Montenegro ainda tem bem frescas na memória as más lembranças da Copa de 2002. Na época, a equipe começou o torneio com uma vitória de 1 a 0 sobre a Nigéria, mas perdeu o segundo jogo para a Inglaterra, por 1 a 0, e acabou sendo eliminada na terceira partida, um empate em 1 a 1 contra a Suécia. A atual equipe tem quatro remanescentes do Mundial disputado no Japão e na Coréia do Sul.

Para evitar que o mesmo aconteça este ano, os argentinos só têm um objetivo contra a Sérvia e Montenegro: vencer a partida e assegurar uma vaga para as oitavas-de-final, o que pode acontecer ainda nesta sexta-feira, caso a Holanda vença o segundo jogo do dia, contra a Costa do Marfim. Assim, Argentina e Holanda jogariam a última partida classificadas, decidindo o primeiro lugar no grupo C.

Os argentinos deverão ter mudanças na equipe: Luis González, que entrou no segundo tempo da partida de estréia, deverá estar em campo nesta sexta-feira desde o início da partida no lugar de Cambiasso, que não jogou bem contra a Costa do Marfim. A mídia e os torcedores argentinos aguardam com ansiedade a estréia em Copas da jovem estrela Lionel Messi, mas sua escalação ainda não é certa.

Na Sérvia e Montenegro, a dúvida é o defensor Ivica Dragutinovic, que se lesionou no joelho durante um treino. Se ele não jogar, será a segunda baixa na defesa da equipe, já que Nemanja Vidic está fora da Copa, também devido a uma lesão no joelho.

A equipe passou ainda por dias difíceis depois da estréia, com discussões entre os jogadores Stankovic e Ljuboja, críticas à cobertura feita pela imprensa do país e reclamações dos jogadores contra a escalação feita pelo técnico Ilija Petkovic para a partida de estréia.

As dificuldades parecem não assustar Petkovic. "É nossa tradição superar problemas", disse o técnico. "E nós somos conhecidos por sermos mais fortes quando jogamos sob pressão." Ele também aposta nos 1,98 metro do atacante Nikola Zigic para superar a defesa argentina de Roberto Ayala e Gabriel Heinze.

ARGENTINA X SÉRVIA E MONTENEGRO

Data: 16/06/2006
Local: Estádio da Copa de Gelsenkirchen
Horário: 15h (10h de Brasília)
Árbitro: Roberto Rosetti (Itália)
Auxiliares: Cristiano Copelli e Alessandro Stgnoli (ambos italianos)

Argentina
Abbondanzieri; Burdisso, Ayala, Heinze e Sorín; Mascherano, Lucho González, Rodriguez e Riquelme; Saviola e Crespo
Técnico: José Perkerman

Sérvia e Montenegro
Jevric; Duljaj, Gavrancic, Krstajic e Dragutinovic; Nadj, Stankovic, Djordjevic e Koroman; Kezman e Zigic (Milosevic)
Técnico: Ilija Petkovic

Leia mais

  • Data 16.06.2006
  • Autoria (as)
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente http://p.dw.com/p/8dHB
  • Data 16.06.2006
  • Autoria (as)
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente http://p.dw.com/p/8dHB