Apesar de política ambiental avançada, Hamburgo ainda enfrenta desafios | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 20.11.2010
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Apesar de política ambiental avançada, Hamburgo ainda enfrenta desafios

Hamburgo, eleita capital europeia do meio ambiente em 2011, ainda luta com problemas típicos de uma cidade grande.

default

Hamburgo, capital europeia do meio ambiente em 2011

Falta pouco para o ano novo, mas Hamburgo já começa a se preparar. A cidade portuária no norte da Alemanha derrotou outras 33 cidades, sendo eleita pela Comissão Europeia capital do meio ambiente de 2011.

Straßenverkehr in Hamburg

Trânsito em Hamburgo

Mesmo antes de os verdes comporem a coalizão de governo com os democratas-cristãos, em 2008, Hamburgo já tinha uma política ambiental conscienciosa. Sob o governo conservador, a cidade decidiu liberar 25 milhões de euros por ano para um programa de proteção climática que visa a reduzir as emissões de CO2.

Essas verbas financiam, por exemplo, o isolamento térmico de fachadas de edifícios e um sistema público de empréstimos de bicicletas. Além disso, em alguns domingos do ano a população é convidada a deixar o carro na garagem, podendo usar de graça os meios de transporte públicos, inclusive as balsas que circulam no rio Elba. A participação dessa campanha é voluntária.

Novos caminhos

O ótimo sistema de transporte público hamburguês influenciou a escolha do júri em Bruxelas. Em média, os 1,8 milhões de habitantes da cidade têm que andar no máximo 300 metros de suas casas para chegar a um ponto de ônibus ou a uma estação de metrô ou trem.

O transporte público de Hamburgo também utiliza novas tecnologias. Há alguns anos já circulam pela cidade ônibus movidos a célula combustível. Seu desempenho ainda está sendo testado, mas o objetivo é substituir gradativamente a frota a diesel pelos ônibus ecologicamente corretos.

Apesar dessa consciência política ambiental, Hamburgo ainda enfrenta problemas típicos de uma cidade grande. A metrópole com um dos maiores parques industriais da Europa abriga diversas indústrias, muitas das quais estão instaladas ao longo do rio Elba.

Como o porto é o coração econômico da cidade, há planos de aprofundar o leito do rio, a fim de que ele comporte navios ainda maiores. Isso vem gerando protesto por parte de ativistas ambientais que temem que a interferência venha a afetar gravemente o ecossistema fluvial.

NO FLASH Hamburger Hafen

O porto de Hamburgo é o maior da Alemanha

"Não só uma honra, mas uma grande responsabilidade"

Ao sul de Hamburgo está sendo construída uma das maiores usinas de carvão da Alemanha. Isso leva os políticos verdes a consentir que o título de capital europeia do meio ambiente não é apenas uma honra, mas sobretudo uma grande responsabilidade.

No próximo ano, haverá em Hamburgo várias campanhas sobre meio ambiente e proteção climática. Isso inclui iniciativas para conscientizar a população a economizar energia, por exemplo. Outros eventos de intercâmbio de informações ambientais reunirão políticos, gestores e cientistas.

O programa anual da capital europeia do meio ambiente também prevê o "trem das ideias," que circulará por várias cidades do continente, mostrando diferentes iniciativas municipais para reduzir as emissões de CO2.

Autora: Barbara Renne (mas)
Revisão: Simone Lopes

Leia mais