1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Apelo de vítima do Holocausto viraliza na Áustria

Em vídeo, sobrevivente de Auschwitz de 89 anos pede que eleitores não votem no candidato ultranacionalista Norbert Hofer para presidente, fazendo referência ao período nazista.

Uma sobrevivente do Holocausto de 89 anos viralizou na internet ao aparecer em um vídeo apelando para que os eleitores da Áustria não votem no candidato à presidência Norbert Hofer, do ultranacionalista Partido da Liberdade (FPÖ). Ela faz comparações com o período nazista e alerta que a legenda de direita busca "tirar das pessoas os piores instintos".

O vídeo, publicado pelo candidato ambientalista Alexander Van der Bellen em sua conta no Facebook, alcançou nesta terça-feira (29/11) mais de três milhões de visitas (em um país de oito milhões de habitantes). O vídeo é protagonizado por uma sobrevivente do campo de concentração de Auschwitz que se identifica como "Frau Gertrude" (senhora Gertrude). Ela teria sido enviada aos 16 anos para o campo de concentração, tendo sido a única sobrevivente de sua família.

A mulher afirma que decidiu falar depois de escutar no mês passado o presidente do FPÖ, Heinz Christian Strache, dizer que a chegada de refugiados pode acabar desencadeando uma guerra civil. Gertrude acusa o FPÖ de apelar "pelo mais baixo" que há nas pessoas e não pelo "mais decente".

Lembrança do período nazista

"Isso já aconteceu uma vez", alerta, recordando que judeus eram obrigados a limpar as ruas durante o período nazista, enquanto as pessoas olhavam e riam.

"Isso me dá medo", diz Gertrude, em uma mensagem que foi reproduzida por vários veículos da mídia internacional e legendada em vários idiomas.

Gertrude pede aos cidadãos que reflitam antes de irem às urnas e diz que considera Van der Bellen o único candidato "realista, tranquilo e que busca a igualdade".

"Estas serão possivelmente minhas últimas eleições. Não tenho mais futuro, mas os jovens têm toda a vida diante de si. Eles têm que ver como podem avançar, e isso só é possível fazer votando de forma razoável", conclui Gertrude.

Van der Bellen, do Partido Verde, e Hofer, do FPÖ, concorrem à presidência da Áustria em uma reedição do segundo turno, a ser realizada no próximo domingo. O ambientalista Van der Bellen havia ganhado o segundo turno por maioria apertada em 22 de maio. O Tribunal Constitucional da Áustria anulou a votação, atendendo à contestação do resultado encaminhada pelo FPÖ.

MD/efe/afp

 

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados