1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Após doping, ONU retira cargo de Sharapova

Nações Unidas suspendem a atleta russa da função de embaixadora da Boa Vontade até a conclusão das investigações. Tenista admitiu uso de substância proibida.

A tenista russa Maria Sharapova foi destituída nesta terça-feira (15/03) do título honorífico de embaixadora da Boa Vontade das Nações Unidas. A decisão foi tomada uma semana depois de a atleta admitir ter testado positivo num exame antidoping do Aberto da Austrália, em janeiro.

Sharapova, que é ganhadora de cinco Grand Slams, detinha o título da ONU desde 2007 por seus esforços em ajudar sobreviventes da tragédia de Chernobyl.

"À luz do recente anúncio de Sharapova, decidimos na semana passada suspender seu papel como embaixadora da Boa Vontade e outras atividades planejadas enquanto a investigação continuar. Desejamos a Sharapova o melhor", diz um comunicado do Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas (PNUD).

Sharapova, uma das mulheres mais bem pagas no mundo do esporte, perdeu patrocinadores, como a Nike e a Porsche, desde o anúncio feito no último dia 7 em coletiva de imprensa.

A atleta admitiu tomar desde 2006 um medicamento à base de meldonium, que entrou para lista de substâncias proibidas da Agência Mundial Antidoping (Wada) no final do ano passado. Sharapova foi suspensa preventivamente pela Federação Internacional de Tênis.

KG/rtr/afp

Leia mais