1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

meio ambiente

Ano de 2017 deve ser um dos três mais quentes da história

Na abertura da COP23, Organização Meteorológica Mundial afirma que, sem considerar os anos em que o clima foi afetado pelo El Niño, este deve ser o ano mais quente de todos os tempos.

Mulher sob guarda-chuva no sol

OMM afirma que indicadores das mudanças climáticas permanecem "inabalados" em 2017

A Organização Meteorológica Mundial (OMM) alertou nesta segunda-feira (06/11) que o ano de 2017 deverá ser um dos três mais quentes da história. Não levando em conta aqueles em que as temperaturas foram afetadas pelo fenômeno meteorológico El Niño, este deverá ser o ano mais quente de que se tem registro.

Leia também: Cúpula de Bonn começa em clima de esperança 

A OMM afirma que 2017 já se encaminha para ser um dos três anos mais quentes de todos os tempos, após 2015 e 2016, quando El Niño pode ter contribuído para o aumento da temperatura global. O ano passado foi o mais quente já registrado.

O alerta da OMM foi dado na abertura da Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas de Bonn (COP23), onde 25 mil cientistas e representantes de governos e de organizações ambientais se reúnem nas próximas duas semanas para tentar encontrar meios para que as metas do Acordo de Paris de 2015 se tornem realidade.

A OMM afirma que os indicadores das mudanças climáticas – como o aumento da concentração de CO2 na atmosfera, o aumento do nível do mar e a acidificação dos oceanos – permanecem "inabalados" em 2017.

Entre janeiro e setembro deste ano, a temperatura global ficou em torno de 0,5 ºC acima da média de 1981 a 2010, que era de 14,31 ºC. A temperatura média entre 2013 e 2017 é mais de 1 ºC mais alta do que as registradas no período pré-industrial. 

A OMM afirma que em 2017 foram registradas ocorrências acima do normal de chuvas em lugares como China e América do Sul Meridional. Além disso, a cobertura de gelo do mar do Ártico está abaixo da média.

RC/rtr/ap

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App

Leia mais