1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Brasil

Anac negou voo fretado da Chapecoense

Agência confirma ter negado pedido feito por empresa aérea boliviana para voar direto do Brasil para a Colômbia. Voo fretado deve ser operado por companhias do país de destino ou de origem, explica.

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) confirmou nesta terça-feira (29/11) ter negado o pedido feito pela empresa boliviana LaMia para transportar a equipe da Chapecoense de Cumbica, em São Paulo, para Medellín, na Colômbia, sem escalas.

Segundo a Anac, o pedido foi negado com base na Convenção de Chicago, de 1944, da qual o Brasil é signatário. A agência explicou que o voo só poderia ser feito por uma empresa do país de destino ou de origem.

Diante da negativa, a direção da Chapecoense optou por pegar um voo comercial até o Aeroporto Internacional Viru Viru, em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, e de lá manteve o voo com a Lamia, uma empresa que tem experiência no transporte de equipes de futebol e já trabalhou com vários clubes da América do Sul.

AS/efe/ots

Leia mais