1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Anúncio de referendo causa corrida de gregos aos bancos

Convocação de consulta popular pelo premiê Alexis Tsipras sobre aceitação ou não de proposta de credores aumenta clima de incerteza na Grécia e gera filas de pessoas para sacar dinheiro em caixas eletrônicos do país.

A convocação de um referendo na madrugada deste sábado (27/06) pelo primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, sobre a aceitação ou não de Atenas da proposta dos credores internacionais aumentou o clima de incerteza na Grécia e levou cidadãos a formarem filas para sacar dinheiro de caixas eletrônicos.

Cerca de 50 pessoas foram vistas aguardando a abertura de uma agência do Piraeus Bank, na região central de Atenas, um dos muito poucos que abre aos sábados. Pela capital foi possível ver pessoas se direcionando aos caixas automáticos logo depois do anúncio do referendo por Tsipras, à 1 hora da madrugada (horário local).

Na segunda maior cidade grega, Tessalônica, alguns bancos não tinham mais dinheiro em seus caixas eletrônicos, de acordo com a agência de notícias AFP. Em outro caixa automático, 50 pessoas esperavam a vez em uma fila para poder retirar quantias.

"Eu tenho uma loja e vim para retirar o máximo possível de dinheiro para cobrir as necessidades da minha empresa na próxima semana", afirmou Maria Kalpakidou, de 42 anos. "Se não tivermos um acordo até o dia 4 de julho, o sistema bancário grego vai quebrar."

Em um comunicado na tarde deste sábado, o Banco Central da Grécia assegurou que o fluxo de dinheiro para os caixas eletrônicos não vai ser interrompido. A corrida para retirar dinheiro já foi vista em outras ocasiões ao longo do impasse nas negociações entre Grécia e credores internacionais.

FC/ap/afp/lusa/rtr

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados