1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Amoroso turbina Dortmund e empate vira goleada

Atacante foi a grande atração brasileira no fim de semana e isolou-se na artilharia da Bundesliga. Alex Alves fez dois gols. Três conterrâneos marcaram pela primeira vez. Marcelo Bordon bate triste recorde.

default

Amoroso (esq.) comemora seu gol em Freiburg com Evanílson, que também marcou

Sabe-se lá por que motivos o técnico Matthias Sammer deixou Márcio Amoroso no banco de reservas do Borussia Dortmund, no domingo. Dificilmente por razões táticas. Mais provável que tenha sido para poupá-lo para a decisiva partida da Copa da Uefa na próxima quinta-feira.

A verdade é que, sem ele e Éwerthon, o vice-líder do Campeonato Alemão não acertava o gol adversário do Freiburg, antepenúltimo colocado. Somente aos 14 minutos do segundo tempo o artilheiro da Bundesliga entrou em campo. E como num passe de mágica a rede do time anfitrião se encheu de bolas. Ele próprio fez o terceiro gol de seu time e seu 15º na temporada, isolando-se na relação de goleadores.

O 5 a 1 do Borussia teve ainda mais dois gols brasileiros. Escalado bem à frente, Evanílson finalmente comemorou um gol próprio em seu último campeonato alemão – deverá ir para o Parma, como parte do pagamento por Amoroso. A virada do placar veio pelos pés de Dede, que no empate já havia dado o passe para Evanílson. Este foi igualmente o primeiro gol de Dede na temporada, ao menos na direção certa, depois do contra da semana anterior.

Mais gols - Quem também estreou na relação de artilheiros foi Franklin, que abriu o placar na goleada de 4 a 0 do Energie Cottbus sobre o St. Pauli. Em Bremen, Aílton perdeu o duelo para Alex Alves. O baiano fez dois gols no 3 a 0 do Hertha Berlim sobre o Werder.

Apesar de todos terem recebido boas notas da revista Kicker, assim como o zagueiro Lúcio (Bayer Leverkusen), a publicação esportiva elegeu apenas Amoroso para sua seleção da rodada.

Tristes recordes - O destaque brasileiro negativo do fim de semana coube a Marcelo Bordon, do Stuttgart. O zagueiro foi expulso pela terceira vez na temporada, com um duplo cartão amarelo na partida contra o Bayer Leverkusen. O fato é recorde no futebol alemão. Desde a introdução em 1991 da regra do cartão vermelho como complemento para um segundo amarelo numa mesma partida, nunca um jogador havia sido punido desta forma três vezes numa só temporada.

Outro recorde alcançado nesta rodada foi o de gols contra. Com o feito pelo americano Sanneh, do Nürnberg, no sábado, chegou-se à histórica marca de 26, registrada na temporada 1999/2000.

Campeonato Alemão 2001/2002 (Bundesliga)

Artilharia após a 27ª rodada

  • 15 gols – Amoroso (Borussia Dortmund)
  • 14 gols – Ballack (Bayer Leverkusen)
  • 12 gols – Marcelinho Paraíba (Hertha Berlim), Élber, Pizarro (ambos Bayern de Munique) e Klose (Kaiserslautern),
  • 11 gols – Aílton (Werder Bremen), Max (1860 Munique) e Neuville (Bayer Leverkusen)
  • 8 gols – Éwerthon (Borussia Dortmund) e outros
  • 7 gols – Róbson Ponte (Wolfsburg) e outros
  • 6 gols – Cacau (Nürnberg), Lincoln (Kaiserslautern) e outros
  • 4 gols – Vragel da Silva (Energie Cottbus) e outros
  • 3 gols – Alex Alves (Hertha Berlim), Zé Roberto (Bayer Leverkusen), Paulo Sérgio (Bayern de Munique), Lúcio (Bayer Leverkusen), Marcelo Bordon (Stuttgart) e outros
  • 2 gols – Adhemar (Stuttgart), Paulo Rink (Nürnberg), Marcão (St. Pauli) e outros
  • 1 gol – Evanílson, Dede (ambos Borussia Dortmund), Franklin, Brasília (ambos Energie Cottbus), Ratinho (Kaiserslautern) e outros
  • 1 gol contra – Dede (Borussia Dortmund), Marcelo Pletsch (Borussia Mönchengladbach) e outros

    Artilheiros dos últimos campeonatos:

    • 2000/2001 – Sand (Schalke) e Barbarez (Hamburgo): 22 gols
    • 1999/2000 – Max (1860 Munique): 19 gols
    • 1998/1999 – Preetz (Hertha Berlim): 23 gols

Leia mais