1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Amoroso brilha e Dortmund humilha o Milan

Amoroso fez três gols e deu um show de bola na vitória de 4 a 0 do Borussia Dortmund sobre o Milan, pela semifinal da Copa da UEFA.

default

Amoroso (esquerda) festeja com Éwerthon o 4º gol do Dortmund

Com esta vitória, o Dortmund está a um passo da final da Copa da UEFA, que será disputada no dia 8 de maio em Roterdã. O último título europeu do Borussia foi a conquista da Liga dos Campeões, em 1997. Naquele mesmo ano ganhou o Mundial Interclubes, derrotando o Cruzeiro por 2 a 0 em Tóquio.

"Final, final", gritavam os 52.000 torcedores que lotaram o Estádio Vestfália, em Dortmund. Só o técnico Matthias Sammer, cujo apelido é "resmungão", tentou conter a euforia: "Não estamos ainda na final".

"Amoroso grandioso", estampou em manchete o jornal Bild nesta sexta-feira (4). A vitória sobre o Milan (cinco títulos da Copa dos Campeões e dois títulos da Copa da UEFA) começou aos 8 minutos, com Amoroso convertendo um pênalti cometido sobre ele.

O Dortmund dominava o meio campo e lançava praticamente seus atacantes, sobretudo pela esquerda onde Dede (ex-Atlético Mineiro) fazia uma excelente partida. Aos 34 minutos, Dede deu três chapéus seguidos e sofreu falta no meio de campo. Após a cobrança, Amoroso foi lançado na grande área, deu mais um chapéu no zagueiro do Milan e chutou de primeira, marcando o segundo gol.

Aos 39 minutos, o ex-corinthiano Éwerthon foi lançado na direita, cruzou da linha de fundo para Amoroso marcar de cabeça o terceiro gol. Éwerthon, 20 anos, foi o iniciador do quarto gol do Borussia, aos 17 minutos do segundo tempo. Lançado na esquerda do ataque, ele tocou da linha de fundo por baixo das pernas do goleiro e Heinrich só teve o trabalho de completar.

"Nossos brasileiros fizeram hoje uma grande partida", comentou o capitão do Dortmund, Stefan Reuter, a atuação de Amoroso, Éwerthon e Dede, que jogaram desde o início, além de Evanílson, que entrou ao 26 minutos do segundo tempo.

No total, seis jogadores brasileiros estiveram ontem em campo: os quatro do Dortmund e mais dois do Milan - Serginho e Roque Júnior -, que entraram apenas no segundo tempo.

Artilheiro - Amoroso, 27 anos, é o atual artilheiro do Campeonato Alemão, com 15 gols, e já marcou 8 tentos em 23 jogos de torneios europeus. Foi também artilheiro do Campeonato Italiano, em 1999, quando jogava pelo Udinese Calcio. Seus três gols contra o Milan, segundo ele, são uma mensagem ao técnico da seleção brasileira, Felipe Scolari. Amoroso ainda sonha em ser convocado para a Copa de 2002.

Ronaldo - Na outra semifinal da Copa da UEFA, a Inter de Milão foi derrotada em seu próprio estádio por 1 a 0 pelo Feyenoord de Roterdã. Numa partida sem grandes emoções, o único gol foi marcado pelo zagueiro colombiano da Inter Cordoba, que marcou contra, aos 10 minutos do segundo tempo.

Ronaldo, que não atuava na Inter desde o mês de dezembro, entrou aos 25 minutos do segundo tempo, jogando a sua segunda partida desde o jogo da seleção brasileira contra a Iugoslávia, no dia 27 de março.