1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Amoroso admite deixar o futebol alemão

O atacante brasileiro Amoroso, artilheiro do campeonato alemão, admite que pode deixar o Dortmund, apesar do prestígio que desfruta na equipe e no futebol alemão.

default

Amoroso com a camisa preta e amarela do Borussia Dortmund

"Se houver uma oportunidade de voltar a jogar na Itália, ou num clube espanhol, ou na liga inglesa, então vou estudar a melhor solução para minha família e o clube", declarou Amoroso numa entrevista à revista Stern.

Amoroso foi comprado pelo Dortmund no ano passado por 25 milhões de euros do Parma; sua transferência foi a mais cara do futebol alemão. Embora tenha contrato com o Dortmund por mais três anos, ele diz que hoje em dia a maioria dos contratos são rescindidos antes do prazo.

A imprensa alemã não poupa elogios ao atacante brasileiro, apesar da sua irregularidade. Ele oscila entre a genialidade e a loucura, dizem os comentarista. Amoroso também não deixa por menos: "No gramado quero mesmo me divertir, driblar, brincar, levantar o público da cadeira."

Os jogadores do Dortmund já estão acostumados com este seu caráter: "Ele é imprevisível, mesmo para a gente. Às vezes nos deixa malucos", admite o zaguerio Wörns. Mas a importância do jogador para o clube é incontestável. "Graças à Amoroso estamos em primeiro lugar e podemos ganhar o campeonato", declarou o meia Ricken.

O atacante brasileiro elogiou a seriedade do futebol alemão e o comportamento leal dos torcedores, mas não esconde seu preferência pelo futebol italiano e espanhol. "Todos os brasileiros querem jogar na Itália ou Espanha. A reputação dessas ligas é maior, a mentalidade parece mais com a nossa", disse Amoroso.