1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Amigos e fãs torcem pela recuperação de Schumacher

Pessoas de várias partes do mundo enviam mensagens de apoio à família do ex-piloto alemão, que se recupera de acidente em pista de esqui na França. Médicos afirmam que estado de saúde de Schumacher é muito grave.

Amigos, fãs e pessoas próximas do ex-piloto Michael Schumacher viajaram nas últimas horas a Grenoble, na França, para acompanhar a situação do heptacampeão mundial de Fórmula 1. Schumacher está em estado muito grave e em coma induzido após sofrer um acidente de esqui neste domingo (29/12) nos Alpes franceses.

Os fãs começaram a se juntar em frente ao Hospital Universitário de Grenoble logo após as primeiras notícias sobre o acidente, informando que o alemão havia sido transferido para o local. À medida que o estado de saúde do heptacampeão mundial piorava, maior era a aglomeração de pessoas na porta do hospital.

Nesta segunda-feira, a chanceler federal alemã, Angela Merkel, afirmou, por meio do porta-voz do governo, Steffen Seibert, que está chocada com o acidente de esqui sofrido pelo piloto e prestou total apoio à família do campeão.

"Angela Merkel e os membros do governo, assim como tantos outros milhões de alemães, estão profundamente comovidos com o acidente de Schumacher", disse Seibert. "Esperamos que ele se recupere dos ferimentos e fique bem", acrescentou.

O piloto espanhol de Fórmula 1 Fernando Alonso e várias outras personalidades do esporte divulgaram por meio do microblog Twitter, do Instagram ou do Facebook mensagens de apoio para que a saúde do campeão alemão se reestabeleça o mais rapidamente possível.

“Melhore logo, Michael! Espero escutar em breve alguma notícia positiva”, escreveu Alonso em sua conta do Twitter. Já o piloto brasileiro Felipe Massa também se manifestou pelo microblog: “Estou rezando para Deus te proteger, irmão. E que você tenha uma rápida recuperação, Michael.”

A esposa do ex-piloto, Corinna, e familiares agradeceram à equipe médica que está cuidando da saúde do piloto e aos fãs, amigos e celebridades pelas mensagens de apoio enviadas. "Nós gostaríamos também de agradecer às pessoas de todo o mundo que têm enviado suas melhores intenções pela recuperação dele."

Os médicos do Hospital Universitário de Grenoble deverão anunciar nesta terça-feira (31/12), após o meio-dia (horário local) um novo boletim médico sobre as condições de saúde do ex-piloto. Schumacher completa 45 anos nesta sexta-feira.

Acidente nos Alpes

O heptacampeão mundial de Fórmula 1 se acidentou no final da manhã de domingo, quando esquiava na localidade de Méribel, nos Alpes franceses. Ele esquiava numa área fora da pista, juntamente com o filho de 14 anos.

Embora usasse capacete, o ex-piloto sofreu uma grave lesão cerebral depois de bater a cabeça contra uma rocha. Quando os serviços de emergência chegaram, a vítima ainda estava consciente. Mas sua condição se deteriorou rapidamente.

Schumacher foi inicialmente levado para um hospital em Albertville-Moutiers. De lá, foi transferido de helicóptero, uma hora depois, para o Hospital Universitário de Grenoble, onde foi submetido a uma cirurgia de emergência para deter uma hemorragia cerebral.

FC/dpa/sid/afp