1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Ameaça mundial

Paciente com sintomas de pneumonia letal é mantido em unidade de isolamento em Frankfurt. Em Genebra e Liubliana foram registrados casos semelhantes. OMS alerta para perigo de ameaça global.

default

Paciente continua em isolamento no Hospital Universitário de Frankfurt

Vários países europeus intensificaram o esquema de controle e prevenção em relação a todos os passageiros que chegam ao continente em vôos vindos da Ásia. Embora o diagnóstico ainda não esteja confirmado, suspeita-se que o paciente levado a uma unidade de isolamento em Frankfurt esteja contaminado com a Síndrome Respiratória Severa e Letal (SARS). "Precisamos encontrar imediatamente o agente causador desta pneumonia", afirmou à TV alemã Reinhard Kurth, presidente do Instituto Robert-Koch, especializado em medicina tropical.

Isolamento - O cidadão de Singapura internado na Alemanha é um médico infectologista, que havia tido, no início de março, contato direto com dois pacientes apresentando sintomas da pneumonia letal. Logo após, o especialista seguiu para Nova York onde participou de um congresso, tendo sido acometido de febre alta e dores durante o vôo de volta, com escala em Frankfurt.

Na Alemanha, tanto ele quanto sua sogra foram levados imediatamente ao Hospital das Clínicas de Frankfurt, onde estão isolados. Sua mulher grávida não apresentou sintomas da doença. Dos 235 passageiros do avião onde viajava o médico, alguns continuam em solo alemão, tendo outros seguido para o destino final, Singapura, após terem sido examinados por especialistas.

Novos casos - No aeroporto de Genebra, foram detectados sintomas semelhantes em duas pessoas recém chegadas de viagens ao continente asiático, segundo informaram as autoridades sanitárias suíças. Também em um hospital de Liubliana, a capital eslovena, foi registrado o caso de uma paciente com suspeita de estar contaminada com o novo tipo de pneumonia letal.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) alerta para o risco de uma epidemia da doença, considerando a situação como uma "ameaça global". Em Hong Kong, já foram registrados 95 casos de vítimas apresentando sintomas da peneumonia. Uma relação entre a doença e a onda de infecções detectada em uma província ao sul da China ainda não foi confirmada, segundo informações dos representantes da OMS no país.

Segurança - Na Itália, Reino Unido, Áustria e Suíça, os aeroportos optaram por estritas medidas de segurança, preparando unidades de isolamento para eventuais casos suspeitos. Funcionários das linhas aéreas Cathay Pacific, de Hong Kong, receberam ordens para impedir o embarque de pessoas com sintomas semelhantes.