1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Alstom aprova proposta da GE

A empresa americana venceu as concorrentes alemã e japonesa na batalha pela multinacional francesa. Para aprovar a negócio, Paris exige 20% das ações da Alstom.

Um dia após o governo da França ter apoiado a proposta da General Electric (GE) na batalha pela Alstom, a multinacional francesa confirmou neste sábado (21/06) a vitória da empresa americana na disputa entre a alemã Siemens e a japonesa Mitsubishi Heavy Industries (MHI).

O acordo com a GE "não se dirige apenas ao interesses da Alstom e seus acionistas, mas também fornece garantias com relação às preocupações expressadas pelo governo da França", informou a multinacional francesa.

O presidente-executivo da GE, Jeff Immelt, disse que a aliança é "um grande projeto industrial" que irá criar um "campeão mundial de energia".

Mas, para aprovar o acordo, o governo francês exige 20% de participação na empresa, para manter o controle sobre a companhia e preservar os interesses franceses. Para isso, Paris pretende adquirir dois terços das ações que estão atualmente em mãos do grupo francês Bouygues.

Proposta bilionária

A GE, a Alstom e o Bouygues não quiseram dar mais detalhes sobre as negociações. Immelt mencionou os planos do governo francês em adquirir participação na Alstom, mas não divulgou sua posição sobre o tema.

Em abril, a americana ofereceu, inicialmente, à Alstom 12,4 bilhões de euros por toda a sua divisão de energia, que inclui as turbinas movidas a gás e vapor, utilizadas em usinas de geração de eletricidade. Porém para vencer a concorrência, a GE propôs também a criação de joint ventures.

O anúncio foi feito depois de dois dias intensos de negociações entre os presidentes-executivos da Alstom, da GE, da Siemens e da MHI.

"Nós respeitamos e entendemos o interesse político do governo francês no setor de tecnologia energética", declarou a Siemens na sexta-feira, após o anúncio do governo de apoio à GE:

CN/dpa/rtr/afp

Leia mais