1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Aliado do primeiro-ministro é eleito presidente no Paquistão

Empresário Mamnoon Hussain é escolhido com ampla vantagem para o cargo, que tem funções representativas, em eleição indireta boicotada pela oposição.

O empresário Mamnoon Hussain, de 73 anos, foi eleito nesta terça-feira (30/07) presidente do Paquistão, anunciou a comissão eleitoral pela televisão local.

Hussain, candidato da Liga Muçulmana do Paquistão-Nawaz (LMP-N), do primeiro-ministro Nawaz Sharif, obteve 432 votos, vencendo sem dificuldade o seu único rival na corrida, Wajihuddin Ahmed, que somou 77.

Legisladores das duas casas do Parlamento e de quatro assembleias provinciais escolheram Hussain para o cargo, que tem caráter representativo. Ele sucederá Asif Ali Zardari, viúvo da ex-primeira-ministra assassinada Benazir Bhutto. Seu mandato de cinco anos termina em 8 de setembro.

O resultado já era esperado, já que a eleição foi boicotada pela principal força opositora, o Partido Popular do Paquistão (PPP), em protesto por não ter sido consultado sobre a antecipação da votação de 6 de agosto para 30 de julho.

Hussain, um empresário da província de Sindh (no sul do país) que fez fortuna na indústria têxtil, é membro há vários anos do partido do primeiro-ministro e a sua eleição deverá consolidar o poder de Sharif, que foi eleito em maio passado.

Analistas afirmam que sua condição de membro de longa data do LMP-N, mas de importância modesta dentro do partido, o torna totalmente dependente do primeiro-ministro.

AS/lusa/afp

Leia mais