1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Alex Alves volta a brilhar no Hertha

A 12ª rodada do Campeonato Alemão (Bundesliga) não trouxe muitos gols brasileiros. Ainda assim, Alex Alves e Róbson Ponte marcaram.

default

Róbson Ponte (de branco) foi o único brasileiro na seleção da rodada

Foi uma semana curiosa para o atacante Alex Alves, do Hertha Berlim. Depois da contusão no ombro, que o brasileiro sofreu na quinta-feira durante o jogo contra o Nikosia pela Copa da Uefa, o técnico Huub Stevens não contava mais com a sua escalação na 12ª rodada do Campeonato Alemão. Porém, pouco antes da partida contra o Hansa Rostock, Alex manifestou a sua disposição de jogar.

Em campo, demonstrou garra, lutando pela vitória do seu time: com o cruzamento para o primeiro gol e marcando ele próprio o segundo, Alex Alves foi o melhor jogador da partida. O jogo terminou com o resultado de 3 a 1 para o Hertha Berlim.

Outro brasileiro, que igualmente se destacou dos demais jogadores do seu time, foi Róbson Ponte, do Wolfsburg. Ele fez um bonito gol e o espetacular lançamento para outro, na partida contra o Werder Bremen. Da lateral direita do próprio campo, Robson fez um lançamento de 50 metros para a intermediária adversária, diretamente nos pés do atacante Petrov, que abriu o placar. Como Alex Alves, também Róbson Ponte marcou o segundo gol do seu time, que acabou ganhando com o mesmo placar de 3 a 1.

Atacante com nova tarefa

Mexendo com a defesa do adversário, o jogador de 26 anos foi o único brasileiro a entrar na seleção dos melhores da rodada, feita pela revista esportiva Kicker. Esta escalação, que a revista lança após cada rodada, mostrou uma surpresa em outra posição: o "goleiro" da rodada foi o atacante Jan Koller.

Faltando cerca de 25 minutos para acabar o duelo entre Bayern de Munique e Borussia Dortmund, o gigante do atual campeão alemão mudou de posição para substituir o goleiro Jens Lehmann, que teve de deixar o campo depois de receber o seu segundo cartão amarelo. Mas o tcheco Jan Koller cumpriu bem a tarefa, não tomando nenhum gol e ainda fazendo uma defesa segura num forte chute, além de interceptar com firmeza dois cruzamentos na área.

O gigante Koller (2,02 metros de altura) também marcou oficialmente o único gol do Dortmund, apesar de o chute ter partido do brasileiro Amoroso, de fora da área. A bola desviou no calcanhar de Koller, sem querer, e o juiz considerou o atacante tcheco como o autor do gol do Borussia Dortmund. Apesar da vantagem inicial de 1 a 0 para a equipe visitante, o Bayern de Munique conseguiu virar o placar e vencer a partida por 2 a 1.

Leia mais