1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Alemanha vence a Suécia e está nas quartas-de-final

Seleção alemã foi superior ao adversário, não ofereceu chances de reação aos suecos e garantiu sua vaga na próxima fase da Copa do Mundo. Podolski marcou duas vezes.

default

Podolski (e), o herói da partida, é abraçado por Schneider após o jogo

A equipe alemã apresentou novamente um excelente futebol, dominou a partida contra a Suécia e não teve dificuldades para conquistar uma vaga nas quartas-de-final. Os suecos perderam um pênalti no início do segundo tempo e tiveram poucas chances de gol.

Com o resultado, a Alemanha enfrentará na próxima sexta-feira (30/06), em Berlim, o vencedor do jogo entre Argentina e México.

Os alemães começaram a partida jogando para frente e marcaram o primeiro gol logo aos quatro minutos de jogo. Klose recebeu na entrada da área entre dois zagueiros, se livrou da marcação e chutou. o goleiro Isaksson fez boa defesa, mas no rebote a bola sobrou para Podolski, que chutou para o gol.

O suecos ainda não estavam recuperados do susto quando Podolski ampliou o placar, aos 12 minutos. Klose recebeu a bola na entrada da área, chamou a marcação de três zagueiros suecos para si e tocou para Podolski, livre, chutar com força para o gol.

O gol não diminuiu o ímpeto dos alemães, que continuaram atacando. Aos 17 minutos, Ballack tentou o primeiro de vários chutes para o gol. O goleiro Isaksson fez boa defesa.

Os suecos não conseguiam reagir e viam os alemães tomarem conta do jogo. Aos 31 minutos, Lahm fez bela jogada pela esquerda, entrou na área e passou curto para Klose. O atacante se livrou de um zagueiro e chutou no canto. Isaksson fez outra excelente defesa.

A situação dos suecos piorou aos 35 minutos, quando Lucic levou o segundo cartão amarelo por parar contra-ataque alemão ao segurar Klose no meio do campo. Com dez jogadores, os suecos foram totalmente dominados pelos alemães. A única clara chance de gol da Suécia na primeira etapa foi aos 39 minutos. Ibrahimovic recebeu na entrada da pequena área e, mesmo marcado por Metzelder, girou o corpo rapidamente e chutou forte. Lehmann fez grande defesa.

A melhor chance de reação da Suécia foi no início do segundo tempo, quando o juiz brasileiro Carlos Eugenio Simon marcou pênalti de Metzelder em Larsson. O próprio Larsson cobrou a penalidade máxima e chutou muito mal, longe do gol alemão.

O suecos não conseguiram mais criar boas chances de gol e os alemães passaram a administrar partida, tentando ampliar o placar com chutes de longa distância. Ballack tentou várias vezes. Aos 10 minutos, um chute dele acertou a trave esquerda de Isaksson.

ALEMANHA 2 X 0 SUÉCIA

Alemanha
Lehmann - Friedrich, Mertesacker, Metzelder e Lahm - Schneider, Frings (Kehl), Ballack e Schweinsteiger (Borowski)- Klose e Podolski (Neuville)
Técnico : Jürgen Klinsmann

Suécia
Isaksson - Alexandersson, Mellberg, Lucic e Edman - Linderoth, Jonson (Wilhelmsson), Källström (Hansson) e Ljungberg - Ibrahimovic (Allbäck) e Larsson
Técnico : Lars Lagerbäck

Data : 24/06/2006
Horário : 12h (horário de Brasília)
Local : Estádio da Copa em Munique
Árbitro : Carlos Eugênio Simon (Brasil)
Auxiliares : Edinilson Corona e Aristeu Tavares (Brasil)
Cartões amarelos : Frings (Alemanha) e Jonson e Allbäck (Suécia)
Expulsão : Lucic (Suécia)
Gols : Podolski, aos 4 minutos e aos 12 minutos do primeiro tempo

Leia mais