1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Eleição na Alemanha

Alemanha vai às urnas decidir destino de Angela Merkel

Reeleição de chanceler federal é tida como certa. Mas ainda há dúvidas sobre quem vai se aliar à líder alemã em um provável terceiro mandato. Pesquisas mostram empate entre atual composição do governo e oposição.

Cerca de 61,8 milhões de alemães estão convocados para votar nas eleições parlamentares do país neste domingo (22/09). Segundo os últimos levantamentos, a chanceler federal, Angela Merkel (União Democrata Cristã, CDU), tem boas perspectivas de permanecer no cargo para um terceiro mandato por mais quatro anos.

O que permanece indefinido é com qual parceiro Merkel deverá governar. De acordo com sondagens recentes, a atual coalizão governista entre democrata-cristãos (CDU) e liberais (Partido Liberal Democrático, FDP) tem uma vantagem apertada em relação aos partidos de oposição.

Também seria possível uma nova edição da chamada "grande coalizão", que sustentou o primeiro governo Merkel, entre 2005 e 2009, ou até mesmo uma aliança inédita entre democrata-cristãos e verdes, ainda que os líderes ambientalistas neguem estar dispostos a tal opção.

Já uma cooperação entre as três maiores forças da oposição, o Partido Social Democrata (SPD), Partido Verde e os socialistas do partido A Esquerda, foi categoricamente descartada pelo SPD.

Disputa apertada

Levantamento do Instituto Allensbach atribui 39,5% para os democrata-cristãos (a CDU de Merkel e sua aliada da Baviera, a CSU) e 5,5% para o FDP, somando 45%. Já o SPD, com o candidato a chanceler Peer Steinbrück, obteria 27%. O Partido Verde e A Esquerda conseguiriam 9% cada um – alcançando, os três, juntos, também 45%.

O instituto Emnid apurou uma vantagem de um ponto percentual para a aliança entre democrata-cristãos e liberais sobre a oposição, em pesquisa realizada por encomenda do tablóide Bild am Sonntag. CDU e CSU obteriam, segundo a sondagem, 39%, e o FDP, 6%. O SPD alcançaria 26%, enquanto verdes e socialistas chegariam, cada um, a 9%. Já o partido eurocético Alternativa para a Alemanha (AfD) só somaria 4%.

Bundestagswahl 2013 Wahlkampfabschlussveranstaltung CDU

Mais de 3 mil partidários de Merkel foram a comício em Berlim neste sábado

Merkel pede "último esforço"

Num comício de encerramento de campanha, que reuniu cerca de 3 mil pessoas neste sábado em Berlim, Merkel apelou para que seus seguidores continuem fazendo propaganda para o partido nas poucas horas que restam antes da votação, com objetivo de convencer os indecisos. Ela pediu a seus militantes que façam "um último grande esforço".

No evento, a líder alemã reafirmou sua intenção de continuar a coligação com o FDP. Mas, ao mesmo tempo, pediu a seus partidários que, no domingo, votem nos democrata-cristãos e não se deixem convencer pela campanha do atual parceiro de coalizão. O FPD vem tentando conquistar a clientela conservadora, argumentando que o voto nos liberais é a única forma de evitar que social-democratas cheguem ao poder.

Representação no Bundestag

Ao todo, 34 partidos, somando quase 4,5 mil candidatos, estão competindo nas eleições parlamentares alemãs. É tido como certo que os partidos democrata-cristãos CDU e CSU, além de SPD, A Esquerda e Partido Verde estarão representados no novo Bundestag, alcançando cada um mais de 5% dos votos. Já o FDP, que conseguiu um resultado recorde de 14,6% há quatro anos, ainda é dúvida. Uma possível entrada no Parlamento do AfD pode ser decisiva neste caso. Já o Partido Pirata praticamente não tem chances de fazer parte do Bundestag, apesar do sucesso obtido em eleições regionais recentes.

Bundestagswahl Symbolbild Wahlurne Wahlzettel

Cerca de 61,8 milhões de alemães estão aptos a votar

Os locais de votação abrem neste domingo às 8h e fecham às 18h, horário de Berlim (respectivamente 3h e 13h em Brasília). Pesquisas de boca de urna são divulgadas logo após o encerramento da votação pelas principais cadeias alemãs de televisão, seguidas pelas primeiras parciais.

O resultado final deve ser anunciado na madrugada de segunda-feira na Alemanha, entre as 2h e 3h (21h e 22h do domingo em Brasília). Mas ainda durante a noite de domingo são esperadas parciais já muito próximas do resultado definitivo. É quando os principais candidatos vêm a público fazer suas declarações de balanço do pleito, comemorando vitória ou admitindo um fracasso.

MD/dpa/afp

Leia mais