1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Alemanha terá superávit recorde em 2001

Mas o volume de exportações e importações declinou em novembro, pela primeira vez desde abril de 1999.

default

Containers no porto de Hamburgo. As exportações são o motor da economia alemã

A balança comercial da Alemanha registrou em novembro um saldo positivo de 5,9 bilhões de euros (4,8 bilhões em novembro de 2000), mas o volume de exportações e importações diminuiu, segundo dados divulgados na quinta-feira (10) pelo Departamento Federal de Estatística.

O superávit do mês de novembro foi também claramente inferior ao de outubro (9,0 bilhões). Em novembro, as exportações totalizaram 54,3 bilhões de euros, ou seja uma baixa de 4,5% em relação a novembro de 2000, e as importações recuaram 7,0% para 48,5 bilhões.

O Departamento de Estatísticas assinala que esta é a primeira vez, desde abril de 1999, que as exportações alemães acusam uma baixa na comparação anual.

Quanto à balança de pagamentos, o parâmetro mais amplo para avaliar as transações financeiras com o exterior, esta registrou em novembro um superávit de 200 milhões de euros. Em outubro, o saldo fora de 4,6 bilhões de euros, mas em novembro do ano passado registrara-se um déficit de 2,1 bilhões de euros.

Recorde de exportações em 2001

Nos onze primeiros meses de 2001, a balança comercial alemã acumulou um excedente de 77,9 bilhões de euros contra 57,5 milhões de euros no mesmo período de 2000.

As exportações totalizaram 588,4 bilhões de euros no período janeiro-novembro, o que representa um crescimento de 7,5% em relação ao ano anterior. As importações aumentaram 4,2% para 510,5 bilhões de euros.

As projeções para 2001 apontam um recorde na balança comercial. As exportações deverão atingir 641 bilhões de euros (+ 7%) e as importações 552 bilhões de euros (+ 3%). Dessa forma, haverá um superávit recorde de 88 bilhões de euros, superando a marca de 1989, (134,6 bilhões de marcos ou 68,7 bilhões de euros).

Avaliação

"Parece que o pior já passou", foi o comentário dos analistas da Bolsa de Valores de Frankfurt. Os dados de novembro apontam uma recuperação futura das exportações e a balança de pagamentos registra uma entrada de capitais, o que pode estar relacionado à introdução do euro.

Links externos