1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Alemanha tem seu terremoto mais forte em 10 anos

Tremor pode ter chegado a 5 pontos na escala Richter e atingiu também Holanda, Bélgica e Luxemburgo. Não houve vítimas, apenas pequenos danos materiais.

default

O epicentro ficou próximo a Aachen

Eram 7h45 da manhã desta segunda-feira quando milhões de habitantes do estado da Renânia do Norte-Vestfália foram surpreendidos por uma sacudida que durou alguns segundos. O epicentro do mais forte terremoto da Alemanha dos últimos dez anos localizou-se a dez quilômetros de profundidade no povoado de Alsdorf, pouco ao norte de Aachen, junto à fronteira com a Bélgica e a Holanda. Na Alemanha, o fenômeno foi sentido em Colônia, Düsseldorf, na região industrial do Ruhr e até em Kassel.

Segundo o Instituto Federal de Geociências, em Hanôver, o tremor chegou a 5 pontos na escala Richter. O Serviço Geológico da Renânia do Norte-Vestfália registrou 4,8 e os equipamentos do Observatório de Tremores de Terra de Estrasburgo acusou 4,7.

Não se tem conhecimento de vítimas. As autoridades dos países atingidos registraram apenas pequenos danos materiais. Em Herzogenrath, na Holanda, cinco andares de um prédio de sete pavimentos sofreram uma rachadura de um centímetro de espessura. A princípio, os bombeiros não vêem risco de a construção desabar. Em outras cidades, chaminés tombaram; tijolos e telhas caíram. Muitas pessoas relataram queda de livros e quadros, quebra de louça e vasos de plantas. Apesar da pouca gravidade, os telefones dos bombeiros, defesa civil e seguradoras não pararam de tocar durante todo o dia. Assustadas, muitas pessoas deixaram suas casas e foram para as ruas.

Para o Serviço Geológico renano, o terremoto não foi nada fora do comum. Somente neste mês, a terra teria tremido outras três vezes, porém verificada apenas através de aparelhos. Também no ano passado houve um tremor de 4,0 pontos. Mais forte do que o desta segunda-feira ocorreu em 13 de abril de 1992, quando os equipamentos registraram 5,9 pontos na escala Richter. Na ocasião, as autoridades registraram 40 feridos no Baixo Reno e danos de 100 milhões de marcos. O pior terremoto sofrido na região data de 1756. Desde a Idade Média, há relatos de tremores. Conforme os cientistas, a Renânia fica sobre uma fissura geológica, que atravessa toda a Europa.