1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Alemanha tem poucos serviços públicos online

O governo alemão está atrasado na implantação de serviços online e perde na comparação até para alguns países em desenvolvimento.

A Alemanha pode estar mais atrasada que países como Letônia e Estônia na oferta de serviços públicos online. A conclusão é da empresa de consultoria Mummert + Partner: segunda ela, o país não deve ter todos os serviços disponíveis via Internet antes de 2006.

Talvez o governo alemão tenha estabelecido metas altas demais no programa BundOnline 2005, concluiu o grupo. Ele planejava disponibilizar todos os serviços possíveis via Web dentro de 3 anos. No estudo "Technologiekompass 2005", entretanto, a consultoria estima que, com o ritmo atual, apenas 70% das ofertas deverão estar online na data prevista.

A causa principal da demora é a falta de dinheiro, queixa de cerca de 75% dos municípios. Uma saída sugerida pela consultora seria a parceria com empresas privadas, que diminuiria tanto os custos de montagem quanto os de manutenção dos sites.

Atualmente, 4,8 mil cidades de um total de 10 mil estão presentes na Internet, mas apenas 20% delas oferecem serviços online. A grande maioria funciona apenas como fonte de informação ou vitrine turística. A população, no entanto, se mostra a favor dos escritórios virtuais: 69% aprovam a prática.