1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Migração

Alemanha reinstitui controles em suas fronteiras

Governo alemão suspende temporariamente o direito de livre circulação com outros países da UE, para conter o afluxo intensificado de refugiados a partir da Áustria. Tráfego ferroviário entre os dois países está suspenso.

Em resposta à atual crise migratória, o governo alemão reinstituiu temporariamente, neste domingo (13/09), os controles em suas fronteiras. A medida foi comunicada pelo ministro alemão do Interior, Thomas de Maizière.

Segundo ele, a restrição estaria em harmonia com as regras do Tratado de Schengen. "Precisamos de mais tempo e de uma certa dose de ordem em nossas fronteiras", justificou o político democrata-cristão.

A Polícia Federal alemã mobilizou todas as suas unidades disponíveis para os controles de fronteira. Segundo a instituição, parte-se do princípio de que a medida será mantida por um prazo mais longo.

A rede ferroviária da Áustria também anunciou que o tráfego de trens em direção à Alemanha está suspenso desde as 17h00 (12h00 em Brasília) deste domingo, até segunda ordem.

Nos últimos dias, milhares de refugiados, a maioria oriunda do Iraque e da Síria, chegaram à estação ferroviária de Munique. A capital bávara queixa-se de que suas capacidades de acolhimento estariam esgotadas.

Em princípio, vale a livre circulação entre a maioria dos países da União Europeia, como estipulado pelo Tratado de Schengen, em vigor desde 1995. No entanto, em outras situações consideradas de emergência, os dispositivos do acordo já foram provisoriamente suspensos.

Mais cedo, a mídia austríaca antecipara que o governo alemão estava prestes a corrigir o curso de sua política para com os refugiados, e que ainda no domingo seriam divulgadas medidas visando sustar o fluxo migratório desordenado.

AV/rtr/afp/dpa

Leia mais