1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Alemanha precisou da repescagem para obter vaga na Copa

O longo caminho da classificação foi um permanente suspense. Goleada inglesa humilhou os alemães.

default

Schneider (de branco) tenta roubar a bola do ucraniano Nesmachnyi em Kiev

Desde o sorteio das Eliminatórias, os alemães sabiam que chegar na Copa do Mundo não seria uma missão tranqüila. Afinal, sua seleção fracassara já na primeira fase da Eurocopa 2000, estava estreando um técnico que nunca exercera a função e a Inglaterra estava no mesmo Grupo 9.

A primeira partida contra o valente time da Grécia serviu para dar algum otimismo. Em Hamburgo, 2 a 0, numa boa apresentação alemã. Depois, o grande e temido duelo contra a Inglaterra, no lendário estádio de Wembley, em Londres. Com uma aplicação tática impecável e muita garra, a Seleção Alemã superou todas as expectativas e voltou para casa com um merecido 1 a 0, deixando os rivais em crise. O técnico Kevin Keegan jogou a toalha. Nenhum outro inglês quis assumir o pepino, que acabou nas mãos do sueco Sven-Göran Eriksson, o primeiro estrangeiro a dirigir a seleção inglesa.

Sustos - Cinco meses depois, a Alemanha começou a cair na realidade contra a Albânia, em Leverkusen. O time sofreu para derrotar, em casa, a mais fraca equipe do grupo. No fim do segundo tempo, o treinador Rudi Völler pôs o estreante Klose em campo, que de cara fez seu primeiro gol pela Seleção Alemã, desempatou o placar (2 a 1) e garantiu a vitória.

O drama se repetiria em Atenas. Novamente, foi a entrada de Klose que salvou a Alemanha, há menos de dez minutos do fim. O atacante mais uma vez desempatou o placar, que ainda acabou ampliado para 4 a 2 por Bode, que também entrara na parte final da partida.

Tropeços decisivos - Absolutamente insegura, a Alemanha atravessou o Mar Báltico para enfrentar a Finlândia. Os anfitriões não se entregaram e puseram 2 a 0 no primeiro tempo. Mas os alemães conseguiram empatar na etapa complementar e voltar ao menos com um ponto, mantendo ainda a liderança. Apesar de mais uma péssima atuação, a Seleção Alemã obteve nova vitória sobre a Albânia.

O dia 1º de setembro de 2001 ficou sendo então o dia da grande decisão. Sem perder em casa para os ingleses desde 1965, a Alemanha esperava garantir em Munique sua classificação contra o rival. Mas deu tudo errado. Com um desempenho inimaginável, os anfitriões foram facilmente goleados por 5 a 1. A diferença de gols pôs a Inglaterra em vantagem no grupo.

Vacilo e recuperação - Na última rodada, a Alemanha já não contava com as chances de classificação direta. Afinal, os ingleses enfrentariam em casa a Grécia. Os alemães jogaram desmotivados contra a Finlândia, em Gelsenkirchen, e acabaram num empate sem gols. Teria bastado um para se classificarem, pois a Inglaterra igualmente entrou em campo achando que a vitória sobre os gregos era apenas questão de tempo. O placar do outro lado do Canal da Mancha, porém, terminou 2 a 2, o que bastou para os ingleses, diante da vacilada alemã.

Como segundo colocada no grupo, a Alemanha foi à repescagem, contra a Ucrânia. Sofreu em Kiev, dando-se por satisfeita pelo empate de 1 a 1. Na volta, em Dortmund, a Seleção Alemã mostrou uma garra que há muito não se via. Bastaram 15 minutos para que os alemães garantissem a classificação, impondo de cara três gols. Placar final: 4 a 1.

Estava garantida a classificação, embora desde logo ninguém ousasse apostar prever tempos melhores no Japão.

Classificação final no Grupo 9

  1. Inglaterra: 17 pontos (saldo 10)
  2. Alemanha: 17 pontos (saldo 4)
  3. Finlândia: 12 pontos
  4. Grécia: 7 pontos
  5. Albânia: 3 pontos

    Jogos

    • 2/9/2000: Alemanha 2 x 0 Grécia
    • 7/10/2000: Inglaterra 0 x 1 Alemanha
    • 24/3/2001: Alemanha 2 x 1 Albânia
    • 28/3/2001: Grécia 2 x 4 Alemanha
    • 2/6/2001: Finlândia 2 x 2 Alemanha
    • 6/6/2001: Albânia 0 x 2 Alemanha
    • 1º/9/2001: Alemanha 1 x 5 Inglaterra
    • 6/10/2001: Alemanha 0 x 0 Finlândia

      Repescagem

      • 10/11/2001: Ucrânia 1 x 1 Alemanha
      • 14/11/2001: Alemanha 4 x 1 Ucrânia

Leia mais