Alemanha perde para a Sérvia por 1 a 0 | Fique informado sobre tudo o que acontece na Copa do Mundo | DW | 18.06.2010
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Alemanha perde para a Sérvia por 1 a 0

Klose é expulso ainda no primeiro tempo, Podolski perde um pênalti e Alemanha decepciona na segunda rodada. Seleção de Joachim Löw precisa vencer Gana na última rodada para se classificar às oitavas.

default

Alemães reclamam da expulsão de Klose (d)

A Sérvia venceu a Alemanha por 1 a 0 em Port Elizabeth nesta sexta-feira (18/06) e deixou tudo aberto no Grupo D da Copa do Mundo. Depois de duas rodadas, as duas equipes estão com três pontos e precisam vencer na próxima quarta-feira para avançar às oitavas-de-final.

Na rodada decisiva, a Alemanha encara Gana e a Sérvia joga contra a Austrália. Gana e Austrália, aliás, se enfrentam neste sábado (19/06), ainda pela segunda rodada.

Jogo começou violento

Bem que o técnico Joachim Löw avisou antes da partida: a Sérvia seria um adversário mais forte do que a Austrália. Aquele jogo veloz e criativo que a Alemanha desenvolveu na goleada por 4 a 0 em sua estreia não pôde ser repetido.

Em vez disto, a partida começou truncada e bastante violenta. Com 31 minutos jogados, cinco atletas já haviam recebido cartão amarelo – três alemães e dois sérvios. A Alemanha tinha um pouco mais de posse de bola e presença ofensiva, mas não chegava a ser muito perigosa.

Aos 36min, o jogo começou a mudar. Com uma falta desnecessária no campo de ataque, Miroslav Klose levou o segundo cartão amarelo e deixou a Alemanha com um a menos em campo.

E a Sérvia foi rápida para aproveitar a vantagem numérica. Aos 37min, Krasic recebeu lançamento pela direita, foi mais rápido que Badstuber e cruzou para a área. Zigic, de 2,02m, ajeitou de cabeça e Jovanovic bateu a queima-roupa, sem chances para Neuer, e pôs o time dos Bálcãs em vantagem.

Quando tudo apontava para uma vitória sérvia, a Alemanha quase chegou ao empate. Depois de um cruzamento mal cortado pelo goleiro Stojkovic, Khedira bateu forte e carimbou o travessão. Na sobra, Müller ainda tentou uma puxeta para o gol, mas Kolarov cortou em cima da linha e garantiu a vantagem de sua equipe até o fim do primeiro tempo.

WM Südafrika 2010 Deutschland vs Serbien Flash-Galerie

Jovanovic comemora o gol junto à torcida sérvia

Pressão alemã

Mesmo com dez, a Alemanha voltou melhor, capaz de suprir a ausência do centroavante com boa movimentação ofensiva. A primeira boa chance veio com Schweinsteiger, que bateu da entrada da área depois de um cruzamento rasteiro de Müller, mas o goleiro defendeu.

Depois, foi a vez de Podolski desperdiçar oportunidades – três em cinco minutos. Primeiro, ele recebeu lançamento de Özil e tocou para fora na saída do goleiro. Pouco depois, ele recebeu novo passe de Özil e bateu forte, na rede pelo lado de fora. Aos 14min, Vidic cometeu um pênalti infantil ao pôr a mão na bola dentro da área. Podolski cobrou e Stojkovic defendeu.

WM Südafrika 2010 Deutschland vs Serbien Flash-Galerie

Stojkovic defende o pênalti cobrado por Podolski

Sérvia consolida a vitória

Foi como um ducha gelada para a Alemanha. A pressão passou e a Sérvia voltou a se encontrar e a levar perigo. Krasic, que atacava pela direita, levava vantagem sobre Badstuber. Foram dele a bela jogada e o passe para Jovanovic, que dominou e, de perto da marca do pênalti, acertou a trave de Neuer.

Löw fez duas substituições: entraram Cacau e Marin e saíram Müller e Özil. Mas isto não mudou o rumo da partida, que seguia favorável pela direita. Sempre perigoso pela direita, Krasic cruzou na cabeça de Zigic, que acertou o travessão. Pouco depois, Badstuber deu lugar ao atacante Gomez, última alteração alemã.

Nos minutos finais, as duas equipes passaram a dar sinais de cansaço. A Alemanha abria espaços na defesa e a Sérvia não tinha velocidade suficiente para explorá-los. Mas o principal, que era garantir a vitória por 1 a 0, a equipe de Radomir Antic conseguiu.

"Não podemos abaixar a cabeça"

Depois da partida o técnico alemão Joachim Löw lamentou os erros da equipe. "A falta de Klose não foi tão feia, mas ele deveria ter sido mais cauteloso. O gol deles nós poderíamos ter evitado. Podolski sempre acertou os pênaltis até aqui", disse o treinador.

"A conclusão é que este não foi o dia mais feliz para nós. Nós temos qualidade suficiente. Não podemos abaixar a cabeça. Ainda está em nossas mãos chegar às oitavas-de-final", resumiu Löw.

ALEMANHA X SÉRVIA

Alemanha

1 Neuer – 16 Lahm, 3 Friedrich, 17 Mertesacker, 14 Badstuber (23 Gomez) – 7 Schweinsteiger, 6 Khedira – 13 Müller (19 Cacau), 8 Özil (21 Marin), 10 Podolski – 11 Klose

Técnico: Joachim Löw

Sérvia

1 Stojkovic – 6 Ivanovic, 20 Subotic, 5 Vidic, 3 Kolarov – 22 Kuzmanovic (19 Petrovic) – 17 Krasic, 10 Stankovic, 18 Ninkovic (4 Kacar), 14 Jovanovic (8 Lazovic) – 15 Zigic

Técnico: Radomir Antic

Local: Estádio Nelson Mandela Bay, em Port Elizabeth

Árbitro: Alberto Undiano (Espanha)

Gol: Jovanovic, aos 37min do primeiro tempo

Cartões amarelos: Klose, Khedira, Lahm, Schweinsteiger (A), Ivanovic, Kolarov, Subotic, Vidic (S)

Cartão vermelho: Klose (A)

Autor: Tadeu Meniconi

Revisão: Roselaine Wandscheer

Leia mais