1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Alemanha oferece apoio logístico, mas descarta enviar soldados ao Mali

Governo alemão oferece ajuda "política, logística, médica e humanitária" à França, mas o envio de tropas ao país africano "está fora de questão".

O governo alemão ofereceu apoio logístico e humanitário à operação militar da França no Mali, país africano cujo norte é dominado por radicais islâmicos. Um porta-voz do Ministério do Exterior afirmou nesta segunda-feira (14/01) que "é claro que a Alemanha não vai deixar a França sozinha nesta situação difícil".

Segundo o porta-voz, o ministro Guido Westerwelle telefonou ao seu colega francês Laurent Fabius para oferecer ajuda "política, logística, médica e humanitária", mas descartou o envio de soldados. O porta-voz da chanceler federal Angela Merkel acrescentou que o envio de tropas "está fora de questão".

Além disso, Westerwelle defendeu que a União Europeia leve adiante os planos para uma missão de treinamento das forças de segurança do Mali, já há muito em debate.

Militares franceses e africanos apoiam o Exército do Mali desde sexta-feira passada numa contraofensiva, no centro do país, para impedir o avanço para o sul dos islamitas que controlam o norte do país já há nove meses.

A Alemanha declarou apoio à ação militar francesa, que tem o respaldo do Conselho de Segurança da ONU. "A França agiu. Isso foi coerente e correto e merece o nosso apoio", afirmou o ministro da Defesa, Thomas de Maizière, à emissora alemã Deutschlandfunk.

AS/afp/lusa
Revisão: Francis França

Leia mais