ALEMANHA LIDERA DEBATE SOBRE CRIANÇAS-SOLDADO NO CS DA ONU | Escreva sua opinião, comentários, críticas ou sugestões | DW | 16.07.2011
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Sua Opinião

ALEMANHA LIDERA DEBATE SOBRE CRIANÇAS-SOLDADO NO CS DA ONU

Debate sobre crianças-soldado, possível extradição de Assange, índice de inovação no Brasil e as críticas de Hillary Clinton à Síria foram alguns dos temas comentados por nossos usuários esta semana.

default

É uma vergonha que as chamadas "nações civilizadas" ainda não tenham tomado providências mais eficientes contra esse tipo de crime. Ficar debatendo o tema na ONU não leva a nada. O mundo inteiro está cansado de saber da existência deste tipo de violência contra crianças. Os países responsáveis deveriam receber castigos condizentes, só assim iriam "pensar" no assunto.
Claudia Nascimento
Isso seria uma nova forma de combater a exploração da criança nesses países, porém necessitaria de outras medidas mais drásticas. Enquanto milhares de crianças são maltratadas e violentadas, os seus governantes não possuem nenhum tipo de sensibilidade ou preocupação. Gerando uma guerra sem fim e matando o próprio futuro do país com a destruição da infância.
Lidiane Sertório
A natureza humana é deplorável! Como alguém em sã consciência pode recrutar uma criança – um ser puramente inocente – para fazer parte de um exército? O indivíduo que explora esse tipo de artifício não deve ser chamado de humano, pois tem o direito de roubar a infância alheia... O debate no CS da ONU vai resultar em poucas medidas práticas: não são os filhos dos diplomatas que vivem um verdadeiro inferno nos fronts, tampouco suas filhas sofrem abusos. Essas crianças não querem palavras, elas só pedem que respeitem seu intrínseco direito: ser criança!
Vlademir Monteiro
JUSTIÇA BRITÂNICA ADIA DECISÃO SOBRE EXTRADIÇÃO DO FUNDADOR DO WIKILEAKS
Até quando o mundo ficará paralisado nessa grande orquestração cínica para punir Julian Assange não por assédio, mas por revelar informações importantes que governos têm, mas escondem de seu povo? Isso é intolerável e maquiavélico. O mundo ainda está muito atrasado. Na verdade, Julian Assange está sofrendo bullying dos EUA e seus parceiros.
Franz Josef Hildinger
ÍNDICE DE APROVAÇÃO APONTA QUE BRASIL MELHOROU, MAS AINDA INOVA POUCO
De que adianta? O Brasil não consegue sair do pessimismo devido à alta taxa de corrupção e cultura elitista que até os dias de hoje perdura, onde uma simples formação em Direito transforma o detentor do diploma em um rei no Nordeste ou em outras regiões brasileiras. Não tem a curto prazo como deter esta desgraça nacional, ela é a responsável pelo declínio do Brasil. [...]
Karlos Augusto Pereira Silva
HILLARY CLINTON DIZ QUE ASSAD PERDEU A LEGITIMIDADE E NÃO É INDISPENSÁVEL
Assad vai cair, como outros mandatários árabes? A pergunta que proponho não é de saber se Assad "vai cair", "como outros mandatários árabes"? Pois Ben Ali, Mubarak e Kadafi, por exemplo, não são mandatários: são ditadores sangrentos cujo poder teve aparência de se exercer por "mandato" (?) em razão do respaldo dado pelas autoridades dos países de democracia de mercado.
A omissão é um apoio consistente. É espantoso ler a declaração da Sra. Hillary Clinton: "Os EUA nada fizerem para manter Assad no poder". Como se deixar de permitir que se falasse no assunto, no CS da ONU e outros lugares, fosse "nada fazer". Como se deixar de condenar os métodos sangrentos usados por Assad, há décadas, dia após dia, para permanecer no poder, fosse "nada fazer para respaldá-lo"!
É só depois de sua embaixada ter sido atacada, em condições que importam responsabilidade de Direito Internacional Público em prejuízo da Síria, que a responsável pela política externa do governo Obama vem declarar que "nada fez para mantê-lo no poder"! A pergunta não é se Assad "vai cair". A pergunta é: quem vai tirar Assad do poder; quando; com que meios e métodos; com que garantias de, em seguida, se poder exercer os direitos fundamentais da pessoa humana naquele "país" absolutamente viável. [...]
Christian Caubet
COPA DO MUNDO DE FUTEBOL FEMININO
Hoje em dia prefiro ver a seleção brasileira feminina à seleção masculina. Jogam muito mais bola e com muito mais disposição. A seleção masculina é que usa "salto alto" para jogar. Inclusive sou favorável a que Marta seja convocada para jogar na seleção masculina. Jogaria muito mais bola que os pernas de paus que estão lá agora.
Otavio Magalhães
COPA DO MUNDO DE 2014 NO BRASIL
Será que não dá para transferir a Copa do Mundo para outro país mais organizado? Com as explosões dos bueiros no Rio de Janeiro, acho que os jogadores vão sair voando sem precisar de avião... E a infraestrutura das cidades está tão atrasada que é mais fácil o Japão ser reconstruído do que o Brasil conseguir ajeitar a casa para a Copa do Mundo de 2014!
Paulo Roberto Angulski

Leia mais