Alemanha já está no Google Street View, mas debate sobre privacidade continua | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 18.11.2010
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Alemanha já está no Google Street View, mas debate sobre privacidade continua

Imagens de ruas e propriedades de 20 cidades alemãs, incluindo Berlim, Hamburgo, Colônia e Munique, já podem ser vistas através da ferramenta. População teme exposição de dados na web.

default

Imagens são captadas por câmara acoplada a automóvel

Após meses de polêmica, o Google Street View entrou no ar na Alemanha nesta quinta-feira (18/11). A partir de agora, os internautas podem visualizar, por meio do serviço online de mapeamento fotográfico, as ruas de 20 grandes cidades alemãs.

Segundo declarações de Philipp Schindler, vice-presidente do Google para o Norte e Centro da Europa, com a inclusão da Alemanha, a ferramenta abrange 27 países. Mas nem todos os envolvidos comemoraram o feito.

Com medo de que tivessem sua privacidade violada, políticos e especialistas em defesa do consumidor organizaram um grande movimento contra a empresa norte-americana. O protesto ganhou força com a participação da ministra alemã de Proteção ao Consumidor, Ilse Aigner, que liderou uma campanha de oposição ao serviço online.

A contrariedade dos alemães ficou ainda maior quando se tomou público que a câmera que captava as imagens para o programa estava acidentalmente registrando dados de internet sem fio.

Queixas numerosas

O Google recebeu aproximadamente 244 mil pedidos de pessoas que não queriam que o resto do mundo visse, pela internet, a imagem de suas propriedades. Segundo a empresa, o número corresponde a apenas 3% das casas afetadas.

Google Street VIew Oberstaufen FLash-Galerie

Quem se queixou ao Google teve suas casas borradas para evitar reconhecimento

A medida adotada para preservar as pessoas que se manifestaram contra o Street View foi prejudicar o foco das propriedades, para que se tornassem irreconhecíveis.

Mas se a solução protege os prédios, o mesmo não se pode dizer da identidade das pessoas. Já que, de acordo com o Partido Liberal, os rostos de muitos fotografados continuam passíveis de reconhecimento.

Uma porta-voz do encarregado de proteção de dados do Estado da Renânia do Norte-Vestfália recomenda que as pessoas reportem a violação imediatamente para o Google. "As pessoas devem checar se suas imagens ou de suas casas realmente foram pixeladas. Nós esperamos que o Google também corrija isso rapidamente".

Imagens de arquivo

O Street View é uma ferramenta dos serviços Google Maps que permite ver ruas, praças e lojas em um ângulo de 360 graus. As localidades foram registradas pelo Street View Auto, que captou imagem por imagem. Portanto, não se trata de uma visão ao vivo das regiões incluídas na base de dados, mas de um arquivo.

MDA/dpa/ap
Revisão: Roselaine Wandscheer

Leia mais