ALEMANHA ISOLADA CONTRA ENERGIA ATÔMICA | Escreva sua opinião, comentários, críticas ou sugestões | DW | 12.07.2008
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Sua Opinião

ALEMANHA ISOLADA CONTRA ENERGIA ATÔMICA

Nossos usuários comentaram esta semana sobre: Alemanha contra energia atômica, radar americano na República Tcheca, biocombustível, estrangeiros e direito de voto e o filósofo Ernst Bloch. Clique aqui para ler!

default

Não acho que a Alemanha deva mudar de idéia e apostar na energia nuclear. É verdade que ela deixa de produzir CO2, mas também é verdade que produz muito lixo nuclear. O CO2 é um problema muito maior, com certeza, mas se pararmos as emissões, o planeta volta ao normal em décadas, já o lixo nuclear continua sendo um problema por dez mil anos. Ao investir em energia nuclear estaremos novamente escolhendo que nós, nossos filhos, netos e as próximas gerações terão que cuidar do lixo nuclear. Já cometemos esse erro com a aquecimento do planeta deixando que ele chegasse ao nível em que está.
Anderson Gama

Penso que a Alemanha não deva mudar sua política energética. Parabenizo o governo alemão por preterir a energia atômica.
João Bruno

RADAR AMERICANO NA REPÚBLICA TCHECA
O medo dos russos é pertinente? Ilustres, o medo, por si só, é uma arma que paralisa a capacidade de pensar. É uma arma que os governos usam para mobilizar seus cidadãos em massa, impondo-lhes sacrifícios econômicos e pessoais da mais alta ordem. E ademais, do ponto de vista dos tecnocratas, nada melhor que uma corrida armamentista para tirar uma economia da recessão, seja esta dos mortgage subprimes, ou mesmo aquela da República de Weimar. Não há nada de novo sob o sol. E aqui no Rio de Janeiro, a barbárie continua...
Lyndon C. Storch Jr.

É díficil fazer alguém acreditar nesta história da instalação de um escudo antimísseis na República Tcheca e na Polônia para defender a Europa de ataques terroristas ou ameaças de mísseis do Irã. Neste caso, seria mais correto instalar esse sistema próximo ao Irã, talvez nas proximidades do Golfo Pérsico. Assim, a Rússia poderia acreditar que o tal escudo não representaria uma ameaça a sua segurança. Essa é mais uma história, entre tantas, que os americanos estão usando para enganar outros países.
Darcirio Ernesto Kochhann

BIOCOMBUSTÍVEL BRASILEIRO

A produção de biocombustíveis no Brasil existe há mais de dez anos e nunca prejudicou a produção de grãos causando falta de alimentos e a conseqüente inflação nos preços dos mesmos. Não fazemos biodiesel de milho e outros cereais. Os países que têm subsídio agrícola para a produção e mudaram as respectivas produções de alimento para biodiesel são bem conhecidos e entre eles não se inclui o Brasil.

Parece que a recente campanha publicitária contra o biodiesel é interessante aos produtores de petróleo, que devem estar preocupados com a possível concorrência futura, pois o biodiesel é renovavél e pode ser aumentado, além de não poluir a atmosfera e ser economicamente viavél. Em São Paulo, Brasil, o ar melhorou muito com a utilização do álcool como combustível nos veículos.
Osmar Cruz

Os biocombustíveis não são responsáveis pela carestia de alimentos. Pelo contrário, o biocombustivel é uma saída para a humanidade, desde que tratem o assunto com bom senso e responsabilidade para não prejudicar os mais pobres.
Ivan F. Dias

A produção de etanol será um perigo para o açúcar apenas se todos nós passarmos a respeitar mais o meio ambiente, usando combustíveis ambientalmente saudáveis como o biodiesel! Se se consumar o facto, claro que o preço do açúcar poderá subir pois haverá mais produtores para biocombustíveis do que para fins alimentares. Neste caso, o preço do açúcar pode até subir porque serão poucos os produtores de açúcar.
Onesio de Almeida (Moçambique)

ESTRANGEIROS NA ALEMANHA QUEREM DIREITO A VOTO

Penso que votar deve ser um direito apenas do cidadão alemão! Acho importantíssimo manter em foco questões ambientais e humanitárias, mas sem perder de vista o grande risco que existe em se cair na armadilha populista. O interesse do povo alemão pode ser diverso do interesse dos estrangeiros que vivem aqui. Criar sociedades paralelas não é uma boa. A sociedade preponderante deve ser a alemã, e os estrageiros devem se esforçar para se integrarem a essa sociedade culturalmente. Isso não tem ocorrido e não considero benéfico. O populismo é uma praga que deve ser banida dos países democráticos, pois ao invés de representarem o desejo do povo apenas forjam os interesse de grupos políticos que fazem barganhas de efeito raso por interesse próprio.
Josef

ERNST BLOCH, FILÓSOFO DA UTOPIA E DA ESPERANÇASim, claro que o mundo ainda pode se beneficiar com os conceitos de Ernst Bloch de utopia e esperança. O saber "ainda-não-conhecido" existe. Nenhuma tecnologia ou ideologia uniforme vai matá-lo. Precisamos de humildade para entender que não sabemos tudo, que o mundo ainda precisa de redenção, que nem países pobres nem países ricos ainda descobriram como ver o mundo. Muita coisa ainda está por vir.
Lissander Dias do Amaral




Leia mais