1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Eurocopa

Alemanha inicia luta pelo tetra da Eurocopa

Equipe alemã, que ficou em terceiro lugar no Mundial em casa, estréia contra a Irlanda nas Eliminatórias do Campeonato Europeu de Seleções de 2008.

default

Löw orienta Ballack em treino para o jogo contra a Irlanda

A seleção alemã entra em campo neste sábado (02/09) contra a Irlanda disposta a começar com pé direito a luta por uma vaga na Eurocopa 2008, competição que será disputada na Áustria e na Suíça. Além de um bom começo nas Eliminatórias, a Alemanha busca quebrar um incômodo tabu: 27 anos sem vencer os irlandeses.

O confronto será a segunda partida da seleção alemã sob o comando de Joachim Löw, que estreou com uma vitória de 3 a 0 no amistoso contra a Suécia, no último dia 16. Segundo ele, os jogos das Eliminatórias da Eurocopa tendem a ser mais truncados e menos movimentados que os da Copa do Mundo. "Precisamos criar uma nova motivação dentro do grupo", destacou. "Não vamos subestimar os irlandeses, mas certamente queremos vencer nosso jogo em casa. Não há outra alternativa", completou.

Dupla Friedrich na zaga

Confed-Cup Fußballnationalspieler Arne Friedrich Deutschland

Arne Friedrich vai comandar a zaga alemã neste sábado

O treinador teve dores de cabeça para escalar a equipe, já que quatro defensores utilizados na Copa do Mundo – Per Mertesacker, Robert Huth, Christoph Metzelder e Jens Nowotny – estão contundidos. Arne Friedrich, recuperando-se de uma virose estomacal, vai compor o miolo de zaga com Manuel Friedrich, que não disputou o Mundial e atuou apenas uma vez pela seleção, no último amistoso contra os suecos. "Temos realmente um problema no setor defensivo", disse Löw.

Se, por um lado, há dificuldades na zaga, por outro, o capitão Michael Ballack retorna ao time após contusão que o deixou ausente do jogo anterior. O meio-campista disse que está motivado para disputar as Eliminatórias da Euro 2008, mas que a equipe precisa esquecer a boa campanha da Copa do Mundo, que rendeu aos alemães o terceiro lugar da competição. "Precisamos colocar novamente os pés no chão para que não sejamos surpreendidos", advertiu.

Fim da 'guerra das chuteiras'

30.04.2006 projekt zukunft fussball schuhe

Jogadores poderão escolher a marca das chuteiras que vão calçar

A polêmica envolvendo a marca da chuteira a ser usada pela equipe alemã chegou ao fim. No amistoso contra a Suécia, alguns atletas se rebelaram contra a obrigatoriedade de calçar a marca Adidas (fornecedora oficial da seleção), por terem contratos publicitários com outros fabricantes.

Os jogadores ameaçaram inclusive não entrar em campo contra os suecos. Na véspera do jogo, eles chegaram a um acordo com os dirigentes da Federação Alemã de Futebol (DFB) e aceitaram jogar sob a condição de que a imposição fosse revista. Nesta semana, a DFB anunciou que o contrato com a Adidas foi prorrogado até 2014, mas que os atletas estariam, a partir do jogo contra a Irlanda, liberados para calçar chuteiras e luvas da marca que preferirem.

Em busca do tetra

A Alemanha está no grupo D das Eliminatórias da Eurocopa, composto ainda por Irlanda, San Marino, Chipre, País de Gales, Eslováquia e República Tcheca. Após encarar os irlandeses, os alemães viajam a San Marino para jogar contra a seleção local no dia 6 de setembro. O compromisso seguinte é apenas em 11 de outubro, contra a Eslováquia, também fora de casa. As Eliminatórias terminam em novembro de 2007 e os dois primeiros colocados de cada grupo se classificam para a Eurocopa 2008.

Deutschland gewinnt Fußball-Europameisterschaft 1972

Alemanha venceu pela primeira vez a Eurocopa em 1972, após bater os soviéticos na final

Os alemães já venceram a Eurocopa por três vezes. Em 1972, Gerd Müller foi o maestro do time na primeira conquista. O segundo triunfo aconteceu em 1980, na equipe que contava com o atacante Karl-Heinz Rummenigge. O tri foi alcançado em 1996, quando Jürgen Klinsmann ergueu a taça.

Na edição passada da competição, disputada em Portugal em 2004, a seleção da Alemanha decepcionou. A equipe foi eliminada na primeira fase, após empates contra Holanda e Letônia e uma derrota para a República Tcheca. O fracasso custou o cargo do treinador Rudi Völler. Os vencedores do torneio foram os surpreendentes gregos, que derrotaram os donos da casa, comandados por Luiz Felipe Scolari, na finalíssima.

Leia mais