1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Alemanha ganha novo patrimônio mundial

Unesco aprovou a inclusão na lista de Speicherstadt, juntamente com Kontorhaus, situados em Hamburgo, em conferência anual de seu comitê, realizada em Bonn. País conta agora com 40 lugares reconhecidos pela entidade.

default

Speicherstadt: complexo de armazéns em estilo neogótico no rio Elba, conectados por canais, pontes e ruas

A Unesco aprovou neste sábado (05/07) a inclusão mais um lugar na Alemanha na lista de Patrimônio Mundial, durante a conferência anual de seu Comitê de Patrimônio Mundial, realizada este ano em Bonn, na Alemanha.

O Speicherstadt, em Hamburgo, se tornou o primeiro local da cidade no norte da Alemanha a entrar na lista e o 40º para o país. O lugar é um complexo de antigos armazéns de fachadas de tijolos, em estilo neogótico, construído entre 1885 e 1927 em um grupo de ilhas no rio Elba e conectados por canais, pontes e ruas.

A distinção também inclui o distrito vizinho Kontorhaus. Construído entre 1920 e 1940, é o primeiro bairro de escritórios da Europa e inclui edifícios como o Chilehaus e o Messberghof. "O título é uma grande oportunidade para incrementarmos o perfil cultural de Hamburgo a nível internacional", concluiu a secretária de Cultura da cidade alemã, Barbara Kisseler.

Uma segunda candidata alemã não foi incluída na lista, mas poderá voltar a se candidatar, que é a Catedral de Naumburg, cidade do leste da Alemanha, considerada um excelente exemplo de transição entre as arquiteturas românica e gótica.

A 39ª reunião do Comitê de Patrimônio Mundial, realizada entre 28 de junho a 8 de julho, incluiu nos últimos dias na lista de patrimônio lugares em Israel, Escócia, EUA, Jordânia, Jamaica, França, Iêmen, Dinamarca, China e Irã, entre outros.

MD/dpa/lusa/afp

Leia mais