1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Alemanha fica sem seu melhor tenista no mundial

Haas desfalca equipe alemã contra Grã-Bretanha. EUA e Suécia vencem e embolam tabela do Grupo Vermelho.

default

Haas precisa deixar ombro direito de repouso

Terceiro colocado no ranking mundial, Thomas Haas foi proibido, pelo médico Hans-Wilhuelm Müller-Wohlfarth nesta terça-feira, de jogar tênis durante pelo menos dois dias, a fim de poupar seu ombro direito. Com isto, Tommy não poderá defender a Alemanha no duelo desta quarta-feira com a Grã-Bretanha, em Düsseldorf, na Copa do Mundo do Tênis.

Possivelmente, o tenista de 24 anos também desfalcará a equipe alemã na sexta-feira, contra a Espanha, pois seus pais reservaram passagem para Tommy voltar nesta quarta-feira para a Flórida, onde mora.

Sem Haas, paira sobre a Alemanha o fantasma do eliminação na primeira rodada da Copa Davis. Nicolas Kiefer terá de assumir o duelo com Tim Henman, o maior expoente britânico. Apesar de sua péssima fase este ano, o ex-número um da Alemanha surpreendeu na segunda-feira ao derrotar o russo Marat Safin, novo líder da Corrida dos Campeões. "Estou em forma e pronto para qualquer adversário", garante Kiefer, novamente autoconfiante.

Único alemão a conquistar um torneio este ano, Lars Bürgsmüller deverá ser escalado para a partida contra Martin Lee. Na partida de duplas, ele possivelmente cederá seu lugar ao lado de Karsten Braasch para o colega Kiefer. Rússia e Espanha fazem o segundo confronto do Grupo Azul nesta quarta.

Grupo Vermelho - Nesta terça-feira, Andy Roddick e Pete Sampras impediram a eliminação precoce dos Estados Unidos. Depois da derrota para a França no domingo, os americanos venceram os argentinos por 2 a 1. Dominando inteiramente a partida, Andy Roddick derrotou José Acasuso em pouco mais de uma hora, com parciais de 6/3 e 6/2.

Já o veterano Pete Sampras teve um pouco mais de dificuldade em vencer Guillermo Cañas. A partida durou mais de 2 horas e meia, terminando com a vitória do americano com parciais de 7/5, 2/6, 7/6 (7/5). Os argentinos Gaston Etlis e Lucas Arnold ganharam, porém, a partida de duplas contra James Blake e Jared Palmer (7/5, 6/2).

Por sua vez, o time da Suécia logrou vencer a França por 2 a 1. No primeiro match, Thomas Enqvist derrotou o francês Nicolas Escude com parciais de 6/4 e 6/4. Em seguida, Jonas Björkman perdeu a vantagem sueca, sendo derrotado por Arnaud Clement com parciais de 6/1, 4/6 e 6/4. Nas duplas, os mesmos Enqvist e Björkman garantiram a vitória sueca contra Escude e Clement (6/3, 4/6, 7/6).

Com isto, a classificação no Grupo Vermelho ficou para ser completamente decidida na última rodada, na quinta-feira. Cada país soma uma vitória e uma derrota. Os EUA vão enfrentar a Suécia, enquanto França e Argentina igualmente se duelam. Como dois países irão acumular duas vitórias, a classificação para a final do mundial, no sábado, será decidida pelo resultado do confronto direto.

No Grupo Azul, Alemanha e Espanha venceram os duelos da primeira rodada.

Leia mais

Links externos