Alemanha faz balanço positivo da ajuda às vítimas de tsunami | Notícias e análises internacionais mais importantes do dia | DW | 26.12.2008
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Alemanha faz balanço positivo da ajuda às vítimas de tsunami

Governo alemão afirma que maior parte dos 500 milhões de euros prometidos já foi liberada. Cerimônias nos países atingidos pelo tsunami lembram as vítimas da tragédia ocorrida há quatro anos.

default

Cerimônia em homenagem às vítimas do tsunami na Tailândia

A ministra alemã da Ajuda ao Desenvolvimento, Heidemarie Wieczorek-Zeul, apresentou nesta sexta-feira (26/12) um balanço positivo da ajuda do governo alemão às vítimas do tsunami de 26 de dezembro de 2004, que atingiu os litorais da Indonésia, do Sri Lanka, da Tailândia, da Índia e de outros países banhados pelo Mar Índico.

Logo após a catástrofe, o governo alemão prometera disponibilizar 500 milhões de euros para ajuda às vítimas e reconstrução das áreas afetadas, lembrou Wieczorek-Zeul. Ela afirmou que mais de 80% desse valor já foi utilizado.

De acordo com Wieczorek-Zeul, os esforços da comunidade internacional representaram "avanços significativos" na reconstrução das regiões atingidas pelo tsunami, principalmente na província indonésia de Aceh, a mais afetada. Ela afirmou que os principais danos à infra-estrutura foram saneados e quase todas as pessoas em Aceh têm de novo uma casa.

Autoridades locais disseram que foram gastos cerca de 6,7 bilhões de dólares na reconstrução de Aceh e da ilha Nias. O dinheiro foi investido em casas, escolas, estradas e pontes.

Sistema antitsunami

Wieczorek-Zeul disse que a Alemanha apóia projetos na Indonésia e no Sri Lanka, além de um programa regional para o Oceano Índico. Ela lembrou ainda que o governo alemão investiu 51 milhões de euros na construção de um sistema de alerta de tsunamis, já em funcionamento.

Indonesien Tsunami Jahrestag

Mulher reza em Aceh

O sistema foi desenvolvido pelo Centro Alemão de Pesquisas de Geociências (GFZ), de Potsdam. Ele detecta a formação de um tsunami em até cinco minutos e emite um alarme para a população costeira. Em dezembro de 2004, o tsunami atingiu a costa da Indonésia 20 minutos após sua formação.

Segundo o governo da Indónesia, só no país a reconstrução já consumiu 4 bilhões de euros, dos quais 70% vieram do exterior. Apesar do volume já investido, críticos afirmam que ainda há milhares de famílias desabrigadas nos países atingidos pela catástrofe.

Cerimônias lembram vítimas

Exatos quatro anos após a tragédia, milhares de pessoas se reuniram em cerimônias nos países do sul e do sudeste asiático nesta sexta-feira para recordar as cerca de 230 mil vítimas do tsunami.

No Sri Lanka, milhares de sobreviventes e familiares de vítimas participaram de cerimônias religiosas ao longo da costa. O governo pediu à população que respeitasse dois minutos de silêncio em memória aos mortos.

Na Índia, pessoas se reuniram para marchas silenciosas e orações. Na costa do estado de Tamil Nadu, os pescadores não foram ao mar em respeito às vítimas.

Na província indonésia de Aceh, a região mais afetada pelo tsunami, também foram realizadas cerimônias em praias e em mesquitas.

Leia mais

  • Data 26.12.2008
  • Autoria Agências (as)
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente http://p.dw.com/p/GNWS
  • Data 26.12.2008
  • Autoria Agências (as)
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente http://p.dw.com/p/GNWS