1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Alemanha está confiante para o amistoso contra a Argentina

A seleção alemã está otimista com a partida contra os argentinos que será disputada nesta quarta-feira (17), em Stuttgart.

default

Rudi Völler, técnico da seleção alemã de futebol

O técnico Rudi Völler teria bons motivos para estar pessimista. A seis semanas do início da Copa do Mundo, a seleção alemã ainda é uma incógnita. Dez dos vinte e três jogadores convocados para o amistoso contra a seleção da Argentina, nesta quarta-feira (17), desistiram de jogar por problemas de saúde. Entretanto, aparentando tranqüilidade, ele garantiu que a equipe está formada e disse acreditar na qualidade dos atletas que estão na concentração.

"Não se trata de uma final ou jogo de qualificação, e sim de um teste. E nesse tipo de partida é possível correr certos riscos", disse Völler, admitindo que as mudanças involuntárias no time titular tiveram de ser maiores do que ele previa.

Para não exercer pressão sobre a equipe, Völler frisou que a vitória neste amistoso não é prioridade: "Se não conseguirmos vencer a seleção argentina mas jogarmos bem, com certeza o mundo não vai desabar." Para o treinador, importante mesmo serão os resultados dos treinos da seleção alemã, que começam logo após o término do Campeonato Alemão.

Bom resultado - Já o técnico da seleção argentina, Marcelo Bielsa, pareceu bem mais enfático, apesar de sua equipe também ter sofrido alguns desfalques. "Almejamos um bom resultado, pois só assim saberemos se a tática, a organização e o desempenho dos jogadores foram realmente proveitosos. Por isso, cada jogo tem sua importância, mesmo que seja apenas um amistoso."

O atacante Claudio Caniggia, uma das estrelas da seleção argentina, também desfez a impressão de que o confronto será fácil: "Será um jogo difícil para nós. Afinal, são duas grandes equipes do futebol mundial que irão se enfrentar. As duas seleções fizeram muitas conquistas nos últimos 20 anos."

Escalação provável:

  • Alemanha - Kahn (Bayern de Munique), Metzelder (Borussia Dortmund), Nowotny (Bayer Leverkusen), Linke (Bayern de Munique), Frings (Werder Bremen), Ramelow (Bayer Leverkusen), Hamann (Liverpool), Böhme (Schalke), Ballack (Bayer Leverkusen), Bierhoff (AS Mônaco), Klose (Kaiserslautern)
  • Argentina - Burgos (Atlético Madri), Chamot (Milão), Samuel (Roma), Pochettino (Paris St. Germain), Zanetti (Inter de Milão), Simeone (Lazio Roma), Aimar (Valencia), Sorin (Cruzeiro Belo Horizonte), Caniggia (Glasgow Rangers), Claudio Lopez (Lazio Roma), Kily Gonzales (Valencia)

    O árbitro da partida será o espanhol Mejuto Gonzalez.