1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Alemanha empata com Argentina, mas é líder do grupo A

Seleção alemã cede empate de 2 a 2 para a Argentina, mas mantém liderança do grupo A e pega Brasil, México ou Japão na semifinal da Copa das Confederações. Tunísia ganha de 2 a 0 da Austrália.

default

Schneider (e), capitão alemão, disputa bola com Tevez

A Alemanha espera há cinco anos (desde que bateu a Inglaterra por 1 a 0 em 7 de outubro de 2000) por uma vitória sobre uma "grande nação do futebol", um sonho que foi adiado mais uma vez pelos argentinos, nesta terça-feira (21/06), em Nurembergue.

Jogando sem o capitão Ballack e o goleiro Kahn, a Alemanha apresentou-se mais robusta do que nos dois primeiros jogos na Copa das Confederações, liderou duas vezes o placar, mas acabou cedendo um empate de 2 a 2 à Argentina. Mesmo assim, a equipe anfitriã terminou a primeira fase do torneio em primeiro lugar no grupo A.

O placar de 2 a 2 foi um replay do último amistoso entre as duas equipes, em 9 de fevereiro deste ano, em Düsseldorf. No total, as duas seleções já se enfrentaram 16 vezes: os alemães vencerem cinco jogos; os argentinos, sete; e houve quatro empates, incluindo o desta terça. A última vitória alemã sobre os argentinos foi na final da Copa de 1990, na Itália.

Confederations Cup

Riquelme (e) marca o 1 a 1 de falta para a Argentina. Schweinsteiger saiu da barreira

O jogo

A 353 dias do início da Copa 2006, a Alemanha mostrou em Nurembergue que também é capaz de enfrentar adversários fortes sem colocar todos os seus titulares em campo. Diante dos 42.088 torcedores que lotaram o Frankenstadion, Kuranyi, aos 29 min do 1ºT, e Asamoah aos 6min do 2ºT, assinalaram os gols dos donos da casa. Kuranyi aproveitou uma bola desviada pela zaga argentina, após uma cobrança de falta por Hitzlsperger, para abrir o marcador. Foi dele também o lançamento perfeito para Asamoah marcar o segundo gol.

Mas os argentinos conseguiram duas vezes igualar o placar, em parte por desatenção alemã: Schweinsteiger dançou na barreira, na cobrança de falta em que Riquelme marcou o 1 a 1 (aos 32 do 1ºT); e Cambiasso aproveitou um rebote da zaga alemã para marcar o 2 a 2, aos 29 do 2ºT. Schweinsteiger, uma das jovens esperanças da equipe alemã, não joga a semifinal, por ter tomado o segundo cartão amarelo.

Apesar de terem iniciado o jogo com cinco alterações em relação à partida contra a Tunísia (3 a 0), os donos das casa mostraram uma equipe compacta, harmônica e agressiva. A zaga alemã, muito criticada no início do torneio, está melhorando, mas poderia ter evitado o empate de 2 a 2.

Os argentinos, tecnicamente superiores, até tiveram mais posse de bola – no segundo tempo, chegaram a agir com cinco atacantes –, mas apresentaram problemas nas finalizações. Figueroa, que marcou três contra a Austrália, desperdiçou as raras chances que teve contra a Alemanha. O perigo argentino partiu principalmente de cobranças de faltas na entrada da área.

Confederations Cup

Asamoah: atacante ganense naturalizado marcou o segundo gol da Alemanha

"Nossa equipe jogou extraordinariamente bem em termos táticos e fechou os espaços. Isso dá esperanças para o futuro", avaliou o técnico Jürgen Klinsmann. "Temos que tentar segurar o resultado, quando estamos na frente no placar", disse Asamoah, que se reabilitou, depois de alguns jogos fracos pela seleção alemã.

Foi a noite dos atacantes naturalizados: o carioca Kuranyi e o ganense Asamoah marcaram para a Alemanha, enquanto o brasileiro Francileudo dos Santos fez os dois gols da vitória da Tunísia sobre a Austrália.

ARGENTINA 2 x 2 ALEMANHA

Alemanha
Hildebrand; Hinkel, Mertesacker, Huth, Hitzlsperger; Deisler, Ernst, Schneider (Frings), Schweinsteiger (Engelhardt); Kuranyi, Asamoah (Hanke)
Técnico: Trainer: Jürgen Klinsmann

Argentina: Lux; Zanetti, Coloccini, Samuel (Santana), Heinze; Bernardi (Aimar), Cambiasso, Riquelme, Sorin; Tevez (Delgado) e Figueroa.
Técnico: Jose Nestor Pekerman

Data: 21/06/2005
Local: Frankenstadion em Nurembergue
Público: 42.088 (lotado)
Árbitro: Lubos Michel (Eslováquia)
Cartões amarelos: Schweinsteiger (ALE), Engelhardt (ALE), Kuranyi (ALE), Deisler (ALE); Samuel (ARG), Bernardi (ARG)
Gols: (ARG), aos 3min, (A), aos 27min do 1ºT; (ALE), aos 37min do 2ºT

Leia mais