1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Sua Opinião

ALEMANHA E O POVO ALEMÃO

É amplo o leque de temas que levaram nossos usuários a se manifestar: a imagem do país e seus habitantes, a imigração alemã para o Brasil, Esterházy e Kant, Schröder e Anne Frank, energia eólica e Aids.

default

Alemães: menos carrancudos do que se pensa

Minha imagem sobre a Alemanha, com certeza, diverge do que pensam os americanos e russos, principalmente os americanos, que acham que só eles são os bonzinhos da História, os outros são os vilões, os bandidos, etc. Por vivência no país, acho o povo alemão resguardado, não frio. É preciso que nós, estrangeiros, quebremos a barreira e provemos que merecemos toda a confiança do nativo. A partir daí, vejo o alemão como um amigo para o que der e vier. Sinto muita saudade (sentimento exclusivo de brasileiro) da Alemanha e muita falta dos grandes amigos que tenho lá. Cordiais saudações.
Antonio Roberto

Falar sobre os alemães me traz grande alegria, pois é imensa a admiração que tenho por todos. A sua preocupação com os menos favorecidos, sua disciplina, seus valores morais, sua inteligência privilegiada e seu grande amor ao trabalho, que no meu modo de entender a vida é no trabalho que o ser humano encontra sua razão de existir. Assim é como eu os vejo, sua maneira alegre de encarar a vida e seus problemas, peço a Deus que os proteja e os conserve como são.
Maria Aparecida Neubaner Luiz

O povo alemão foi o povo que melhor pôde testemunhar o perigo da não existência da democraticidade no exercício dos poderes políticos. Ele sofreu na carne o fato de acreditar num grupo multifacético poderoso que quase os levava para a total destruição somente para satisfazer seus interesses econômicos. Acredito que este fato trouxe duas lições importantes: a primeira é que não deve haver poder político hegemônico e a segunda é que o ser humano é único e ao mesmo tempo diverso e é esta diversidade que deve ser sempre cuidada para que não se desvirtue sua unidade. Penso que o poder político é a verdadeira essência das desgraças de um povo, tal como foi para o povo alemão.
João Cristóvão

Acredito que com o tempo isto vai acabar, as novas gerações têm pensamentos diferentes. Penso também que a Alemanha já se redimiu do seu passado, precisando agora se impor a este rótulo imposto pelos aliados que perdura ate hoje.
A.Luiz Brenneisen Carlberg

Sou brasileira, meu pai de origem italiana e mãe bem brasileira, com índios, europeus e negros na sua árvore genealógica. A mim muito me interessam esses estudos que envolvem o preconceito, as diferenças culturais e raciais, para um maior conhecimento do mundo do qual faço parte. Minha opinião é de que o povo alemão atingiu o idealismo, o orgulho pode ser trabalhado para o progresso pessoal fortificando assim a honestidade e firmeza de caráter de um povo. Não associo a figura de Hitler aos alemães, sei que ele era austríaco, acredito que a ingenuidade e a dificuldade no pós-guerra (1ª) foi a força motriz para o desenvolvimento e domínio do partido nazista enquanto opção de "salvador" de uma nação à beira do caos social.
Silene S. Lucchesi

Não, de maneira nenhuma! Nazistas, carrancudos de poucas falas, obcecados pela disciplina e pelo trabalho, frios e distantes para com os estrangeiros sejam ele visitas ou imigrantes, xenófobos, cabeças rapadas ... e outros epítetos, não são mais do que preconceitos filhos da ignorância e, talvez, da inveja. Mas concordo que, para chegar até a alma e coração deste povo magnífico, não basta tentar percepcioná-los através daquilo que deles se diz e escreve. É preciso visitá-los, merecer-lhes a confiança, deixá-los ultrapassar a sua própria timidez e, ei-los: hospitaleiros, amigos incondicionais, fraternos, solidários e interessados pelos outros. A propósito, atente-se na parcela oferecida pela Alemanha em ajuda ao Terceiro Mundo. Assim como no conjunto de projetos e missões em desenvolvimento em todo o planeta, abrangendo áreas que vão da investigação científica, proteção do meio ambiente, saúde e medicina, assistência às populações etc. etc. Com o dinheiro e a vontade dos alemães!
Vitor Junqueira / Portugal

GERHARD SCHRÖDER
Achei a trajetória de Gerhard Schröder impressionante e comovente, pois entalhou no destino o seu futuro, criando com suas próprias forças oportunidade para crescer alterando um destino que parecia terminado. E isso demonstra que, através da democracia, o homem simples do povo pode ter acesso ao destino de sua nação de forma direta e assim governar com princípios.
Gilmar Guedes

IMIGRAÇÃO ALEMÃ PARA O BRASIL
Li com atenção a extensa reportagem sobre a imigração alemã para o Brasil e, em nenhum momento, vi referências à presença de uma forte comunidade alemã-pomerana no Estado do Espírito Santo. São eles os principais responsáveis em colocar o ES como o 2º maior produtor de café conilon do país e o 1º do café arábica. Há grupamentos de alemães-pomeranos que não falam português, somente dialeto pomerano. Em 1997, quando era governador do Estado, fui inaugurar algumas obras no município de Santa Maria de Jetibá e precisei de intérprete para que meu discurso fosse entendido pelos presentes. [...]
Enfim, há muitas informações sobre esta imigração que podem ser obtidas através do Consulado alemão no Rio de Janeiro. O importante é que eles mantêm as tradições da cultura alemã nas escolas infantis e todos os anos se realiza o Festival de Música e Dança Alemã-Pomerana, que já faz parte do calendário turístico do Estado. Uma das maiores e mais conhecidas fábricas de chocolates no Brasil foi fundada em Vitória há 60 anos, pela família Meyerfreund — é a fábrica Garoto [...].
Vitor Buaiz (médico e professor da Universidade Federal do E. Santo — UFES)

Vertriebene wandern in die USA aus, Bremerhaven

Imigrantes partem do porto de Bremerhaven em 1948

Parabéns! Muito interessante, sou brasileira e moro há nove anos em Bremerhaven, porto de onde minha avó partiu para buscar nova pátria no Brasil. Quem diria que depois de tantos anos eu viria morar nesta cidade. Acho muito interessantes as matérias. Para toda equipe neste trabalho, meu carinho e meu reconhecimento.. Um abraço.
Karin Blase-Jahnke / Bremerhaven (Alemanha)

" HARMONIA CAELESTIS"
Do pouquíssimo que eu sei acerca do legado cultural da família Esterházy, já tenho motivos mais que suficientes para admirá-los. O que teria sido de Haydn sem o apoio desta família? E o que teria sido de nós sem Haydn?
Assistindo ao noticiário da DW, vi que a família Löbkowitz recuperou uma parte importante do seu patrimônio artístico. Isto bem que poderia acontecer aos Esterházy. E quanto a ocupar funções kafkianas num departamento público monstruoso, eu compreendo claramente os resultados que daí decorrem.
Já estive com um exemplar de Harmonia Caelestis nas mãos. Ainda não leio suficientemente bem em alemão para enfrentá-lo. Em húngaro, eu não tenho a menor chance. No entanto, se eu fosse húngaro de nascimento e necessitasse ler em português, também não teria a menor chance.
Lyndon C. Storch Jr

ENERGIA SOLAR
É necessário cuidado na escolha dos locais para instalação dos coletores de energia. Não faz sentido destruir áreas verdes para implantar os coletores. Desejo sinceramente que a popularização da energia solar torne sua instalação mais barata para poder ser empregada aqui no Brasil em larga escala.
Annelise Dorothea Frigeri

ANNE FRANK
O diário de Anne tornou-se o livro tema da minha adolescência e me acompanhará enquanto viver. Tive o prazer de lê-lo aos 16 anos e releio até hoje. Aprendi que, mesmo envolto em acontecimentos que mudam o mundo, temos nossa própria vida e devemos seguir adiante. É importante acreditar nos ideais de justiça e solidariedade, apesar de tudo. Anne é minha amiga e despertou em mim a convicção de que, independente da etnia, somos todos iguais.
Valdenice Costa

POLÍTICOS E FILOSOFIA
Penso que os políticos deveriam ler e estudar filosofia. Assim, despertariam suas mentes para questões de moral como as que preconizou Immanuel Kant. Seria bom que existisse uma Organização Não Governamental (ONG), aqui no Brasil, que tivesse por missão difundir a moral através da filosofia alemã (Kant e outros) junto à população e aos candidatos a cargos políticos, uma vez que o ensino de filosofia no Brasil é inexpressivo e equivocado. Eu gostaria de participar desta ONG.
Paulo Raimundo Pereira Santos / Rio de Janeiro

INVENÇÃO DA BICICLETA
A invenção da bicicleta foi uma idéia fantástica. Isto está sendo reconhecido cada vez mais e será muito mais ainda, pois, se queremos nossas cidades limpas e com boa qualidade de vida, a bicicleta entra necessariamente como opção viável de meio de transporte. As pessoas na Alemanha já descobriram isto. Aqui no Brasil ainda estamos longe, mas já se nota um movimento social nesta direção. Acho que a consciência ecológica e a preocupação com a saúde e o bem-estar estão contribuindo decisivamente para isto. Obrigado por lembrar esta data tão importante!!
Denir Mendes Miranda

PREVENÇÃO DA AIDS
A prevenção é um fator fundamental no impedimento da proliferação de qualquer doença, em especial a Aids. Mesmo encontrando de fato a cura, ainda devemos sensibilizar as pessoas para o fato de que prevenir é melhor que remediar. Mas, para que isso aconteça, devemos trazer à tona o ponto mais importante desta história, que é o investimento maciço em Educação e Saúde. Pois, só assim, estaremos sensibilizando/conscientizando as pessoas a enxergarem verdadeiramente a necessidade de combater/controlar esta e outras doenças infectocontagiosas que tanto perseguem a humanidade.
Rogério Moraes