1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Alemanha e Canadá unidos contra política subvencionista

Antes da cúpula do G-8, em Kananaskis, os primeiros-ministros da Alemanha e do Canadá criticaram as medidas protecionistas da UE e dos Estados Unidos.

No encontro das sete maiores potências mundiais (G-7) e Rússia, nesta quarta-feira (26), o chanceler federal alemão, Gerhard Schröder, e o primeiro-ministro canadense, Jean Chrétien, pretendem posicionar-se pela redução de subvenções estatais. Na opinião de ambos, estas prejudicam o desenvolvimento do livre comércio internacional. Além disso, os chefes de governo são a favor de maior apoio aos países africanos, assim como de cooperação internacional mais intensa nas questões de segurança.

O chanceler alemão pediu a Chrétien que o Canadá tome a iniciativa no sentido de reduzir as subvenções estatais. O próprio Schröder considera-se de mãos atadas, devido à política de subsídios da União Européia.

Ambos criticaram as sobretaxas para a importação de aço, impostas pelos Estados Unidos. Nesse aspecto, a Europa e os EUA têm de chegar logo a uma solução, insistiu o chanceler. O Canadá, por sua vez, deseja o apoio da Alemanha para fechar um acordo de livre comércio com a UE.

Schröder encontra-se no Canadá desde o dia 24, quando jantou com Chrétien. Após participar como orador principal da Conferência de Montreal – um fórum que reúne 1500 altos representantes da política, economia e ciência –, ele seguirá na noite desta terça-feira para a conferência do G-8, em Kananaskis.

Leia mais