1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Alemanha busca substituto para Lahm

Após dez anos de convocações, capitão do tetracampeonato mundial decidiu não atuar mais pela seleção alemã e deixou aberta a vaga de lateral-direito. Na Bundesliga, não faltam candidatos.

Substituir Philipp Lahm na seleção alemã não será fácil. Mais do que um lateral-direito, ele era o capitão, exemplo de disciplina e, com inteligência em campo e facilidade de se adaptar, referência no time de Joachim Löw.

Se a braçadeira de capitão deve ir para o também experiente Bastian Schweinsteiger, de 29 anos, o próximo dono da lateral direita ainda é uma incógnita. Esse jogador, seja ele quem for, deve estar preparado para iniciar uma nova era na posição.

Durante boa parte dos dez anos em que defendeu a seleção alemã, Lahm foi o termômetro do time. E, sem ele, outra posição deve assumir a função de referência na equipe, provavelmente meio-campo ou zaga central, onde jogadores tarimbados atuam.

Isso deixa a lateral direita aberta para o melhor talento. Talvez um dos mais fortes na disputa seja Sebastian Jung, hoje no Wolfsburg após deixar o Eintracht Frankfurt. Ele tem sido aclamado como um dos melhores da posição na Alemanha, mas só foi chamado uma vez por Löw.

Aos 24 anos, Jung foi capitão do Eintracht em 19 partidas da temporada passada. Foram 39 jogos no total, com um gol marcado, dez assistências e uma elogiada regularidade no setor defensivo da equipe.

FC Porto vs Eintracht Frankfurt

Jung em partida pelo Eintracht Frankfurt

Outra opção é Kevin Grosskreutz. O polivalente jogador do Borussia Dortmund tem como posição preferida a lateral direita. Sua experiência durante a Copa do Mundo vai ajudá-lo no futuro com Löw, mas como qualquer um dos jogadores convocados em 2014 e que não entraram em campo, ele talvez tenha que trabalhar dobrado para provar seu valor.

Há ainda Erik Durm, mas ele é essencialmente um lateral-esquerdo. Levá-lo para a direita seria uma surpresa, considerando que ele é o favorito para eventualmente herdar a posição de Marcel Schmelzer na lateral esquerda do Borussia Dortmund.

Outra boa opção é Oliver Sorg, do Freiburg. Ele oferece a versatilidade de ser um bom lateral- esquerdo também, caso necessário. Já jogou nas duas laterais, de zagueiro e até no meio-campo. Na próxima temporada, é provável que ele jogue mais na direita, de olho na posição deixada aberta por Lahm.

Christian Träsch, do Wolfsburg, tem só 26 anos e já vestiu a camisa da Alemanha dez vezes. Mas seu potencial foi ofuscado por lesões – recentemente ele machucou o ombro e deve ficar fora de campo por, pelo menos, oito semanas.

Fußball Bundesliga Borussia Dortmund gegen Hannover 96

Durm tem menos chancer na disputa.

Dennis Diekmeier, do Hamburgo, é dois anos mais novo, mas tem sido um oásis de regularidade numa equipe sem solidez defensiva. Andreas Beck, do Hoffenheim, já foi chamado algumas vezes, mas ele tem se mostrado demasiadamente inseguro para ser convocado agora.

A especulação, porém, acaba se Löw mudar o time taticamente. Antes tido como teimoso, ele ganhou moral com o título mundial e deverá se sentir ainda mais à vontade para montar como quiser sua equipe.

Uma possibilidade é que ele volte com a linha de quatro zagueiros atrás, colocando Jérôme Boateng no lugar de Lahm. Isso abriria uma vaga na zaga central, que poderia ser preenchida por Holger Badstuber ou Per Mertesacker.