1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Alemanha é prioridade para turismo brasileiro

Governo quer aumentar o número de visitantes alemães e europeus no Brasil, principalmente na região Nordeste, diz ministro Mares Guia.

default

A Alemanha é uma das prioridades do plano internacional de marketing elaborado pelo Ministério do Turismo para divulgar destinos brasileiros no exterior, afirmou o ministro Walfrido dos Mares Guia, nesta segunda-feira (14/03), em Berlim. "Queremos nos aproximar cada vez mais da Alemanha", declarou. "No ano passado, 20 milhões de europeus foram aos países asiáticos, mas apenas 2,5 milhões vieram ao Brasil. Por quê? Porque o Brasil não se promovia", disse o ministro.

O Brasil recebeu no último ano 330 mil turistas alemães. O objetivo é chegar a 400 mil em 2005. "Os alemães gostam de viajar e estão dispostos a fazer viagens longas", disse Mares Guia. Ela destacou como uma vantagem competitiva do Brasil a relação cambial entre o euro e o real. "É mais barato passear no Brasil do que viver na Alemanha", brincou o ministro.

Violência - Ele também minimizou problemas de violência envolvendo turistas no Brasil. Segundo Mares Guia, apenas 8% dos visitantes estrangeiros ouvidos em recente pesquisa da Embratur relataram algum caso de violência e 97% disseram que pretendiam voltar ao país. "Eu já morei em vários países e só no Brasil vi jornais publicando na primeira página notícias de turistas sendo atacados", afirmou. "No exterior eles dão a notícia, mas com menos destaque."

Mares Guia esteve na capital alemã para o lancamento internacional da Marca Brasil, selo que identifica destinos turísticos e produtos brasileiros no exterior. Ele foi acompanhado pelo secretário de Políticas de Turismo, Milton Zuanazzi, e pelo presidente da Embratur, Eduardo Sanovicz. A cerimônia ocorreu no estande brasileiro na ITB Berlim 2005, uma das maiores feiras de turismo do mundo, que termina nesta terça-feira (15/03).

Investimento - O Ministério do Turismo pretende investir no mercado europeu cerca de 40% dos 60 milhões de dólares disponíveis para a promoção do turismo brasileiro no exterior em 2005. As ações serão focadas nas operadoras de turismo, nas companhias aéreas (para o incremento no número de vôos charter) e em campanhas promocionais de mídia. Ainda como parte do plano de marketing foi criada a Marca Brasil e foram abertos escritórios da Embratur em nove países, entre eles o de Frankfurt, na Alemanha. A estratégia foi elaborada pela consultoria espanhola Chias Marketing.

Segundo o ministro, um dos objetivos do plano de marketing brasileiro é divulgar novos destinos turísticos no exterior, com especial atenção para a região Nordeste do Brasil. "O Brasil é muito conhecido devido ao Rio de Janeiro e a São Paulo, mas há muitos outros destinos importantes." O plano prevê ações em 18 países, seis deles europeus. Além da Alemanha, foram incluídos Inglaterra, Espanha, França, Itália e Portugal.

Leia mais