Alemãs abrem a Copa com vitória sobre o Canadá por 2 a 1 | Fique informado sobre tudo o que acontece na Copa do Mundo | DW | 26.06.2011
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Alemãs abrem a Copa com vitória sobre o Canadá por 2 a 1

Em estádio lotado, alemãs iniciaram seu caminho rumo ao terceiro título mundial consecutivo, vencendo o Canadá, em Berlim, na partida que abriu oficialmente a Copa do Mundo de futebol feminino na Alemanha.

Da Mbabi marcou o segundo para as alemãs

Da Mbabi marcou o segundo gol das alemãs

O time da treinadora Silvia Neid começou seu caminho rumo ao terceiro título mundial consecutivo, derrotando o Canadá por 2 a 1, na partida que abriu oficialmente neste domingo (26/06), em Berlim, a Copa do Mundo de futebol feminino.

Diante de um Estádio Olímpico de Berlim lotado, com 73.680 espectadores, a Alemanha dominou a partida. Depois um erro da alemã Simone Laudehr, no entanto, as canadenses tiveram a primeira grande oportunidade do jogo, nos pés da capitã canadense Christine Sinclair.

Mas o primeiro gol da disputa foi de Kerstin Garefrekes, de cabeça, aos 10 minutos do primeiro tempo, após o cruzamento de Babett Peter. O segundo das alemãs foi marcado por Okoyino da Mbabi, após um passe longo de Garefrekes. A estrela do time canadense, Christine Sinclair, reduziu a vantagem das alemãs ao cobrar falta com perfeição, aos 37 minutos do segundo tempo. O gol do Canadá levou nervosismo às alemãs, que passaram a temer um empate das adversárias nos minutos finais da partida.

A capitã da Alemanha é Birgit Prinz. Maior estrela do time, com 33 anos, ela quer encerrar sua carreira na seleção com a vitória na Copa do Mundo. O jogo contra o Canadá teve um gosto especial para a atleta. Prinz tinha 16 anos quando estreou na equipe, jogando exatamente contra as canadenses.

Bola gigante e fogos de artifício

A partida abriu oficialmente a Copa do Mundo de futebol feminino, após uma cerimônia de abertura de pouco mais de 10 minutos, cujo elemento central foi um globo gigante que, depois de um breve show de fogos de artifício sobre o estádio, se transformou em uma bola de espelhos.

Quase 2 mil voluntários de escolas de Berlim e um globo gigante deram brilho à inauguração

Quase 2 mil voluntários de escolas de Berlim e um globo gigante deram brilho à inauguração

Entre os convidados de honra do evento estavam o presidente alemão, Christian Wulff, e a chanceler Angela Merkel. Na tribuna de honra, também estavam o presidente da Fifa, Joseph Blatter, além das lendas do futebol alemão Franz Beckenbauer e Günter Netzer. Durante a celebração, da qual participaram cerca de 2 mil voluntários de escolas de Berlim, 4 mil balões de gás na forma de bolas de futebol foram soltos, representando o espírito da Copa.

O jogo em Berlim foi antecedido pela partida entre Nigéria e França, do mesmo grupo de alemãs e canadenses, realizada em Sinsheim. As francesas venceram por 1 a 0. O torneio, reunindo equipes 16 de países, termina no dia 17 de julho, com a final em Frankfurt.

Brasileiras chegaram sábado

O time brasileiro chegou à Alemanha no sábado, após 14 horas de voo do Rio de Janeiro até Frankfurt e mais três horas de ônibus até Düsseldorf, primeiro destino da equipe.

No sábado, o time fez um treino leve com bola de 45 minutos. No domingo, a seleção brasileira fez trabalho muscular em uma academia de ginástica e participou de um treino técnico-tático no período da tarde.

O primeiro jogo do Brasil será no dia 29 de junho contra a Austrália, em Mönchengladbach. No dia 3 de julho, a seleção enfrenta a Noruega, em Wolfsburg. A terceira partida das brasileiras será no dia 6, contra a Guiné Equatorial, em Frankfurt.

MD/sid/dpa
Revisão: Roselaine Wandscheer

Leia mais