1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Alemães sofrem na Copa da Uefa

O Borussia Dortmund foi o único time alemão a vencer nesta quinta-feira na Copa da Uefa. Mas por pouco não ficou num empate sem gols como o Hertha Berlim. Já o Freiburg perdeu.

default

Amoroso foi substituído no intervalo e deu lugar ao autor do gol salvador do Borussia

Nenhum dos três times alemães que disputam a Copa da Uefa tem motivo para se orgulhar de sua estréia na terceira fase da competição. O Borussia Dortmund ganhou do Kopenhagen por 1 a 0 poucos segundos antes de o juiz encerrar a partida na capital dinamarquesa. O Hertha Berlim não saiu do 0 a 0 com o Servette, em Genebra, e o Freiburg perdeu de 1 a 0 para o Feyenoord, em Roterdã. Os resultados, porém, não chegam a prejudicar os sonhos alemães de classificação para as oitavas-de-final.

Vindo da Liga dos Campeões, da qual foi eliminado, o Borussia mostrou mais uma vez não poder ter grandes aspirações numa competição internacional. No entanto, a vitória de última hora fora de casa lhe deixa em posição confortável para chegar, ao menos, às oitavas. Mais uma vez sem o armador Rosicky, o time demonstrou falta de criatividade e foi salvo pela sorte, numa apresentação medíocre.

Aos 24 minutos do segundo tempo, Laursen bateu para fora um pênalti causado por um toque de mão do zagueiro Wörns. Com ambas as equipes com um jogador a menos em toda a etapa complementar, o Borussia já podia se dar por satisfeito com o empate. Aos 48 minutos, numa jogada de contra-ataque, Ricken desperdiçou o chute em cima do goleiro, mas Herrlich, que entrara no lugar de Amoroso no intervalo, aproveitou a sobra e deu a vitória injusta à equipe de Dortmund.

O Hertha Berlim também mantém boas chances de classificação, após sua quinta partida na Copa da Uefa sem tomar gol. O empate em Genebra lhe deixa em vantagem para a segunda partida contra o Servette, na capital alemã.

Para o Freiburg, a situação é mais complicada. Apesar de jogar taticamente bem disciplinada, a equipe alemã acabou tomando um gol do Feyenoord aos 37 minutos do segundo tempo e terá de correr atrás da desvantagem, em casa, daqui a duas semanas.

Links externos