Alemães sem sorte neste sábado | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 20.07.2002
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Alemães sem sorte neste sábado

Lars Burgmüller derrotado na semifinal do Torneio de Stuttgart. E equipe feminina faz feio perante a Espanha nas primeiras partidas das quartas-de-final da Fed Cup em Maiorca.

default

Martina Müller enfrenta no domingo Arantxa Sanchez

O único alemão ainda restante no Torneio de Stuttgart não conseguiu manter a forma na semifinal, disputada neste sábado (20). Lars Burgmüller, que desclassificou nas oitavas-de-final o favorito e campeão do ano passado, Gustavo Kuerten, e derrotou o romeno Andrej Pavel nas quartas-de-final, foi desclassificado por Mikhail Jushni. Ao fim de 2h13m, o russo saiu vencedor por 2 sets a 1 (com parciais de 6/3, 4/6 e 7/5) e vai medir forças na quadra de saibro, no domingo (21), com o argentino Guillermo Canas.

"Hoje eu não estava tão ligeiro como nos últimos dias. No momento todos os músculos me doem. Foram dois ou três pontos que decidiram a partida. Se eu estivesse mais em forma, a coisa teria sido diferente", constatou Burgmüller exausto.

Fed Cup — Após duas derrotas em partidas individuais, as chances de a Alemanha chegar à semifinal nesta importante competição do tênis feminino diminuíram sensivelmente. Sob um calor de 40ºC, Barbara Rittner foi derrotada por Arantxa Sanchez, numa partida dramática, por 6/4, 6/7 (4/7), 3/6. Em seguida, Martina Müller perdeu para Marta Marrero por 1/6, 1/6.

No domingo (21), enfrentam-se primeiramente Sanchez e Müller e, depois, Rittner e Marrero. A última partida desta fase será a de duplas, em que a Alemanha estará representada por Rittner e Bianca Lamade, e a Espanha, por Sanchez e Virginia Ruano Pascual. Para conseguir posicionar-se entre as quatro melhores equipes, pela primeira vez desde 1995, a Alemanha precisaria vencer todas as três partidas.