1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Alemães sem sorte neste sábado

Lars Burgmüller derrotado na semifinal do Torneio de Stuttgart. E equipe feminina faz feio perante a Espanha nas primeiras partidas das quartas-de-final da Fed Cup em Maiorca.

default

Martina Müller enfrenta no domingo Arantxa Sanchez

O único alemão ainda restante no Torneio de Stuttgart não conseguiu manter a forma na semifinal, disputada neste sábado (20). Lars Burgmüller, que desclassificou nas oitavas-de-final o favorito e campeão do ano passado, Gustavo Kuerten, e derrotou o romeno Andrej Pavel nas quartas-de-final, foi desclassificado por Mikhail Jushni. Ao fim de 2h13m, o russo saiu vencedor por 2 sets a 1 (com parciais de 6/3, 4/6 e 7/5) e vai medir forças na quadra de saibro, no domingo (21), com o argentino Guillermo Canas.

"Hoje eu não estava tão ligeiro como nos últimos dias. No momento todos os músculos me doem. Foram dois ou três pontos que decidiram a partida. Se eu estivesse mais em forma, a coisa teria sido diferente", constatou Burgmüller exausto.

Fed Cup — Após duas derrotas em partidas individuais, as chances de a Alemanha chegar à semifinal nesta importante competição do tênis feminino diminuíram sensivelmente. Sob um calor de 40ºC, Barbara Rittner foi derrotada por Arantxa Sanchez, numa partida dramática, por 6/4, 6/7 (4/7), 3/6. Em seguida, Martina Müller perdeu para Marta Marrero por 1/6, 1/6.

No domingo (21), enfrentam-se primeiramente Sanchez e Müller e, depois, Rittner e Marrero. A última partida desta fase será a de duplas, em que a Alemanha estará representada por Rittner e Bianca Lamade, e a Espanha, por Sanchez e Virginia Ruano Pascual. Para conseguir posicionar-se entre as quatro melhores equipes, pela primeira vez desde 1995, a Alemanha precisaria vencer todas as três partidas.