1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Alemães esperam jogo "quente" contra vizinha Polônia

Uma vitória sobre a Polônia deixará a seleção alemã com uma vaga assegurada nas oitavas-de-final se o Equador perder para a Costa Rica. Mas os alemães sabem que o jogo contra a equipe do país vizinho não será fácil.

default

Ballack, recuperado de lesão, faz a sua estréia na Copa 2006

A comissão técnica e os jogadores da Alemanha estão preparados para um confronto bem mais difícil do que a partida de estréia, contra a Costa Rica. "Eles virão para cima de nós mostrando os dentes", diz o atacante Klose, que tem raízes polonesas.

Para os poloneses, é tudo ou nada. Uma derrota significa que a equipe do criticado técnico Pawel Janas não seguirá adiante no torneio. "Para eles é uma decisão. Os nervos estarão à flor da pele", avalia o técnico da seleção alemã, Jürgen Klinsmann.

Para a Alemanha, a vitória vale uma vaga nas oitavas-de-final caso a seleção do Equador perca o seu próximo confronto, contra a Costa Rica. "É necessário ter uma postura ofensiva desde o primeiro segundo de jogo. A partida será quente", diz Klinsmann.

O jogo também poderá ser quente para a polícia, já que alemães e poloneses têm um histórico de confrontos entre torcidas. Por precaução, a polícia alemã já prendeu 40 torcedores para que eles não apareçam perto do estádio de Dortmund, onde será realizada a partida. Eles foram identificados por policiais poloneses como "violentos" ou traziam instrumentos e objetos perigosos consigo.

Já as dúvidas em relação à escalação do capitão Michael Ballack estão definitivamente esclarecidas: o craque do Chelsea não sente mais nada na panturrilha direita e participará da segunda partida da seleção anfitrião na Copa.

Dortmund guarda ainda um trunfo para os alemães: eles jamais foram derrotados no estádio. Em 13 partidas disputadas pela seleção no estádio, foram 12 vitórias e um empate.

Alemanha
Lehmann - Friedrich, Mertesacker, Metzelder, Lahm - Schneider, Frings, Ballack, Schweinsteiger - Klose, Podolski.
Técnico : Klinsmann

Polônia
Boruc - Zewlakow, Bak, Lewandowski, Bosacki - Radomski - Krzynowek, Szymkowiak, Jelen - Zurawski, Smolarek.
Técnico : Pawel Janas

Local: Westfalenstadion, em Dortmund
Árbitro : Luis Medina Cantalejo (Espanha)
Assistentes : Victoriano Giraldez Carrasco e Pedro Medina Hernandez
Horário : 21h (16h)

Leia mais

  • Data 14.06.2006
  • Autoria (as)
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente http://p.dw.com/p/8coT
  • Data 14.06.2006
  • Autoria (as)
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente http://p.dw.com/p/8coT