1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Alemães aplicam goleada histórica em San Marino: 13 a 0

Partida contra o 191º colocado no ranking da Fifa pelas Eliminatórias da Eurocopa 2008 termina com maior vitória da história da seleção alemã em jogos fora de casa.

default

O capitão alemão Michael Ballack compete pela bola com o samarinês Nicola Albani

A seleção alemã conquistou a maior vitória de sua história em jogos fora de casa, na segunda partida pelas Eliminatórias da Eurocopa 2008, contra San Marino, nesta quarta-feira (06/09). Diante de 5019 torcedores (dos quais mais da metade eram alemães) que lotaram o Estádio Olímpico Seravalle, no principado situado próximo ao Mar Adriático, seis jogadores marcaram os 13 gols da equipe comandada por Joachim Löw.

EM 2008, Qualifikation, Torschütze Lukas Podolski

Autor de quatro gols, Lukas Podolksi celebra

Desde o início, os alemães tiveram completo domínio de campo, mas mesmo depois que Podolski abriu o placar, aos 12 minutos do primeiro tempo, ainda esbarraram na retranca do adversário. O atacante do Bayern de Munique, porém, assinalou outros três gols na partida: aos 43 minutos do primeiro tempo, bem como aos 19 e 26 da segunda etapa.

A goleada histórica foi completada por Klose (aos 30 e 45 minutos do primeiro tempo), Schweinsteiger (aos 29 do primeiro e a 1 minuto do segundo tempo), Hitzlsperger (aos 21 e 28 da etapa final), além do capitão Ballack (aos 34 da etapa inicial), Manuel Friedrich (a três minutos do final) e Schneider (de pênalti, no penúltimo minuto do tempo regulamentar).

O goleiro alemão Jens Lehmann foi mero espectador em campo e, no final, até foi à área de San Marino para cobrar o pênalti, mas desistiu para não humilhar ainda mais o adversário, que contou com apenas dois jogadores profissionais. Dos 30 mil habitantes de San Marino (191º colocado no ranking da Fifa), 1500 jogam futebol em clubes amadores.

E os 11 atletas que entraram em campo contra a Alemanha não deram muito trabalho ao terceiro colocado na Copa 2006. No segundo tempo, Löw trouxe Asamoah para o lugar de Klose, Odonkor substituiu Ballack, e Hitzlsperger entrou no lugar de Frings. Dos atacantes alemães, apenas Asamoah saiu de campo sem marcar gol. Enquanto isso, Klose igualou a marca histórica de 33 gols com a camisa da seleção, que até agora pertencia a Fritz Walter, ídolo do futebol alemão falecido em 2002.

Antes da partida contra San Marino, a maior goleada alemã fora de casa tinha sido o 9 a 1 sobre Luxemburgo, em 11 de março de 1934. Com a vitória desta quarta-feira, a Alemanha lidera o Grupo D das Eliminatórias da Eurocopa 2008 na Suíça e Áustria. O próximo jogo da equipe será no dia 11 de outubro contra a Eslováquia.

SAN MARINO 0 x 13 ALEMANHA

San Marino: A. Simoncini - Valentini, Albani, Della Valle, Bacciocchi, Vannucci (D. Simoncini) - Palazzi, Domeniconi (Bonini), Michele Marani (Masi) - Manuel Marani - Selva
Técnico: Giampaolo Mazza

Alemannha: Lehmann - Lahm, Arne Friedrich, Manuel Friedrich, Jansen - Frings (Hitzlsperger), Ballack (Odonkor) - B. Schneider, Schweinsteiger - Klose (Asamoah), Podolski
Técnico: Joachim Löw

Data: 06/09/06
Local: Estádio Olímpico Seravalle, em San Marino
Árbitro: Selcuk Dereli (Turquia)
Cartões amarelos: Palazzi e Marani (SM), Odonkor (A)
Gols: Podolski (4), Klose (2), Schweinsteiger (2), Hitzlsperger (2), Ballack, Manuel Friedrich e Schneider – todos da Alemanha

Leia mais