1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Al Shabaab utiliza discurso de Trump em vídeo de propaganda

Grupo jihadista da Somália edita declarações islamofóbicas do pré-candidato republicano em clipe de recrutamento. Material contém ainda imagens de policiais dos EUA usando força excessiva contra afro-americanos.

O grupo terrorista somaliano Al Shabaab usou trechos de um discurso do pré-candidato republicano à presidência dos EUA, Donald Trump, em um filme de propaganda. O vídeo foi distribuído no Twitter pela organização islâmica Al-Kataib Media Foundation.

Os extremistas usaram um clipe do pronunciamento de Trump de dezembro, no qual o republicano pleiteou que os Estados Unidos impeçam muçulmanos de entrar no país. Muitos políticos americanos condenaram as declarações de Trump e afirmaram que seus pontos de vista poderiam ser usados como propaganda por organizações terroristas.

E o Al Shabaab parece ter feito exatamente isso. No vídeo de 51 minutos, as falas de Trump foram editadas entre declarações antigas do líder dos jihadistas, Anwar al-Awlaki, afirmando que muçulmanos terão de escolher entre sair para países islâmicos ou permanecer onde estão e lutar contra o Ocidente, segundo a organização internacional de monitoramento de grupos terroristas SITE (Search for International Terrorist Entities Institute, em inglês). Awlaki foi morto num ataque de drones no Iêmen, em 2011.

O vídeo, confirmado ser genuíno por especialistas, contém ainda imagens da polícia americana usando de força excessiva contra pessoas negras, além de trechos de discursos do ativista afro-americano Malcolm X, morto em 1965.

O Al Shabaab, afiliado à Al Qaeda, busca derrubar o governo da Somália e impor um regime islâmico nos moldes da sharia. O grupo jihadista tem realizado diversos ataques também no Quênia e na Etiópia.

PV/rtr/dpa

Leia mais