1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Alívio com libertação de reféns no Iraque

O anúncio de que os engenheiros alemães Thomas Nitzschke e René Bräunlich estão livres foi recebido com alívio na Alemanha.

default

René Bräunlich e Thomas Nitzschke no último vídeo divulgado pelos seqüestradores

Thomas Nitzschke e René Bräunlich, engenheiros alemães que foram seqüestrados no Iraque, estão de novo em liberdade, após mais de 13 semanas no cativeiro. O anúncio foi feito pelo ministro alemão das Relações Exteriores, Frank-Walter Steinmeier, em Santiago do Chile, onde iniciou nesta terça-feira (02/05) uma viagem por três países latino-americanos.

Steinmeier disse ter conversado com eles poucos minutos antes e que os dois estão bem. O ministro agradeceu a todos os que estiveram envolvidos na libertação dos reféns.

Quarta-feira de volta

A chanceler federal Angela Merkel declarou-se aliviada, ao receber a notícia em Bad Fallingbostel, durante conferência regional de seu partido, a União Democrata Cristã. A chefe de governo agradeceu à força-tarefa do Ministério do Exterior por seu empenho pela libertação dos reféns nesses 99 dias de duração do cativeiro. Merkel agradeceu ainda "em especial à população de Leipzig, que não se esqueceu dos seqüestrados" e diz alegrar-se com os familiares e com todos que "logo eles possam estar de volta para casa". Nitzschke e Bräunlich deverão chegar à Alemanha na quarta-feira à tarde, anunciou o vice-ministro do Exterior Reinhard Silberberg em Berlim.

Alegria do pastor

Alegria e gratidão a Deus, foi o que expressou o pastor luterano Christian Führer, pároco da Igreja de São Nicolau, em Leizpig, onde se realizaram 27 vigílias desde o seqüestro dos engenheiros alemães. Führer anunciou um serviço religioso de agradecimento para os próximos dias. "Mas vamos esperar até que o ministro Steinmeier esteja de volta do Chile."

Leia mais